Whatsapp Telegram ou Signal: Quais são os aplicativos mais seguros?

Primeiramente, para descobrir se suas conversas estão realmente seguras e privadas, é necessário se fazer uma verificação. Veja se os aplicativos de sua preferência possuem criptografia de ponta a ponta. Isso quer dizer que apenas o remetente e o destinatário podem ter acesso a essas conversas. Será que dá mesmo para confiar totalmente nos aplicativos de mensagens mais famosos da atualidade?

Antes de mais nada, desde que surgiram notícias de vazamento de dados ou monitoramento de dispositivos, muitas pessoas estão desconfiadas. Entretanto, entre os aplicativos mais baixados e queridos da galera estão: Telegram, Signal e até mesmo o Whatsapp.

Whatsapp, Telegram ou Signal quais são os aplicativos mais seguros
Whatsapp, Telegram ou Signal: quais são os aplicativos mais seguros

Por exemplo, já imaginou ficar exposto ao acessar uma rede wi-fi pública? Ao enviar uma mensagem dessas a um de seus contatos, isso pode acontecer. Por se tratar de uma rede aberta, qualquer hacker mal-intencionado pode te alcançar.

Em outras palavras, nesse ambiente você está totalmente vulnerável. Algum espertinho pode tentar interceptar sua conversa e utilizar suas informações para atividades criminosas. Nesse sentido, as mensagens criptografadas dificultam esse tipo de ação, assim como o roubo de informação sigilosa.

Quais os pontos fortes e fracos dos aplicativos?

Falando do WhatsApp, seu maior ponto fraco é possuir um código todo fechado. Entretanto, tem uma grande vantagem que é sua imensa base de usuários.

Já o Telegram ainda não possui a famosa criptografia de ponta a ponta por padrão. Portanto, esse recurso ainda precisa ser habilitado manualmente em suas configurações. Recursos esses que também são uma grande vantagem desse aplicativo: grande número de recursos.

Com relação ao Signal, um pouco mais desconhecido pela maioria, pode ser considerado o mais seguro. Sobretudo trata-se de um aplicativo de código aberto, assim como em seu servidor, a transparência está garantida.

Só para ilustrar, para quem tem aquela dúvida quanto aos aplicativos de massa, como o Whatsapp, o Signal é uma ótima alternativa.

Principal diferença entres os aplicativos Signal e Whatsapp

Segundo especialistas em tecnologia da informação, possuir um código aberto é a principal diferença entre o Signal e o Whatsapp. De acordo com eles, aplicativos que possuem código aberto garantem uma maior privacidade e transparência.

Existem mais possibilidades de auditorias externas e de órgãos independentes que poderiam encontrar uma fraqueza no código. Entretanto, isso poderia ser corrigido posteriormente.

Signal

Vantagens:

Além de possuir a criptografia de ponta a ponta, possui código aberto e permite testes externos de segurança. Outro ponto forte é sua configuração que apaga mensagens de forma automática após sua leitura.

Desvantagens:

A principal desvantagem é não ser conhecido por muita gente e não possuir muitos recursos de configuração.

Telegram

Vantagens:

Telegram é conhecido no Brasil e sempre é a primeira opção quando o concorrente de peso sai do ar. Sendo assim, possui muitos recursos de configuração e ainda conta com um chat secreto. Nesse chat as mensagens são apagadas automaticamente e ainda avisa quando alguém faz prints das conversas.

Desvantagens:

A opção de conversa por criptografia precisa ser ativada manualmente. Nas configurações do aplicativo você precisará ativar esse recurso. De outro modo você estará desprotegido.

Whatsapp

Vantagens:

Atualmente é o aplicativo de mensagens instantâneas mais utilizado no Brasil. Portanto possui, de fábrica, criptografia nas conversas. Além disso, também permite chamadas telefônicas e de vídeo de alta qualidade.

Desvantagens:

A principal desvantagem do Whatsapp, sem dúvidas, é seu código fechado. Esse detalhe impede qualquer órgão externo fazer auditorias para verificar fraudes ou códigos maliciosos rodando em seu servidor.

Gostou do artigo? Então não deixe de acessar nossa sessão Tecnologia para encontrar muito mais informação. Até a próxima.