Vai abrir a própria empresa? 8 dicas para ficar no azul

Passos simples, mas valiosos, podem fazer a diferença para seu negócio não fechar. Se você está pensando em abrir um negócio próprio, saiba que não está sozinho.

Uma pesquisa revelou que existem mais brasileiros querendo empreender do que fazer carreira em uma empresa. Veja os números: 31,7% querem ser o próprio patrão, enquanto que 19,5% está satisfeito em subir de cargo numa empresa que não é dele.

Os dados são da pesquisa GEM, Global Entrepreneurship Monitor.

As dicas valiosas para empreendedores

Se você faz parte da maioria, outro ponto muito importante que você precisa cuidar é das finanças. Antes de lucrar com o seu negócio, é necessário ter muita atenção para evitar problemas lá na frente e entrar em uma bola de neve.

1 – Planejar

Abrir uma empresa não é tão simples. E para que tudo ocorra o melhor possível, uma dica de ouro é organizar como é a sua real situação para ter uma previsão do valor de gastos que você terá todos os meses.

2 – Administre

Uma boa gestão pode te economizar tempo e evitar dor de cabeça. Já são vários os sistemas online destinados para esta função, principalmente envolvendo pequenas empresas.

3 – Empresa x casa

Sim, é isto mesmo que você está pensando: nada de deixar as contas da empresa juntas com a da sua casa. É um erro comum que muitos empreendedores acabam cometendo e que é um dos principais fatores das falências nos primeiros anos.

Tenha um cartão corporativo e também uma conta poupança separados apenas para a empresa.

4 – Se proteja

Não coloque todos seus ativos em bens na empresa. Claro que você vai fazer de tudo para que o negócio dê certo, mas se não acontecer conforme o planejado, você precisa ter onde correr.

5 – Não fique no limite

As pequenas empresas são muito bem vistas quando o assunto é liberação de crédito por parte das instituições financeiras. Mas tenha cuidado para não ficar ou passar do seu limite. O mais grave é não conseguir quitar suas dívidas.

Outro problema é criar obstáculos na hora de tentar novos financiamentos.

6 – Fique de olho

Não deixe de acompanhar o seu fluxo de caixa. Com números negativos, é preciso tomar uma atitude, seja a busca por novos investidores, pegar dinheiro emprestado ou outro tipo de entrada externa.

Clientes devedores podem fazer você perder prazos para negociações.

7 – Economize, economize e economize

Assim como a empresa cresce, os gastos acompanham a movimentação. E medidas simples podem facilitar a eliminar custos desnecessários. Informatizar o estoque para não perder produtos é um exemplo entre os vários que vão te fazer não perder dinheiro.

Outra dica valiosa e nada nova é a de economizar energia.

Nada de deixar o aparelho de ar condicionado ligado na sala que ninguém está usando ou mesmo deixar a porta aberta.

8 – Ajuda de quem entende

Mesmo com todas essas dicas, é preciso ainda de um profissional com conhecimento contábil para te auxiliar sobre leis tributárias. Esta opção pode trazer economia para sua empresa.

Add Comment