Síndrome Vasovagal – entenda o que é essa doença!

A síndrome de vasovagal é uma doença que provoca uma diminuição da pressão arterial e dos batimentos cardíacos nos seres humanos. Como resultado, começam a aparecer sintomas típicos da doença, como os sinais de fraqueza, dor de cabeça, palidez, calor e até mesmo o desmaio.

Esse último sintoma, que é o de desmaio, pode acontece por conta de uma dilatação dos vasos sanguíneos, devido ao estímulo inadequado de um nervo chamado nervo vago, que faz parte do sistema nervoso autônomo.

Síndrome Vasovagal – entenda o que é essa doença!

Os especialistas explicam que quando estamos em pé, o sangue tende a se acumular nos membros inferiores do nosso corpo devido à pressão atmosférica. Com isso e para manter a pressão, o nervo envia comandos para contrair os vasos.

Até aí, tudo certo e explicado. Só que diante de certos gatilhos, esses sensores dizem erroneamente que a pressão está alta. O resultado é que os vasos dilatam, provocando o desmaio e os outros sintomas que foram listados aqui.

Na maior parte das vezes, o transtorno ocorre quando o indivíduo fica muito tempo em pé ou até mesmo em ambientes fechados ou mais quentes. Assim, a pratica de exercícios físicos e ingerir bebidas alcoólicas são outros motivos da crise ou que podem acentuá-las.

A prevenção

A síndrome de vasovagal é um transtorno muito incomum até hoje, sendo que muitas pessoas sequer ouviram falar. Justamente por isso, ela se torna perigosa quando acontece. A síndrome não chega a causar óbitos, porém pode causar quedas e machucar o indivíduo de forma grave.

Hoje em dia, quem está aprendendo sobre a doença ou já sofreu com ela, está mais atento aos sintomas. Por isso, abaixo iremos citar algumas dicas que para pessoas com o mesmo problema. Sendo que todas são formas de prevenir a doença.

Praticar atividade física regularmente (que contribui para o aumento da capacidade cardiovascular e uma melhor circulação sanguínea). Outra coisa é manter-se bem hidratado e alimentar-se adequadamente. Também é importante evitar ficar muito tempo em pé e em lugares abafados.

Por fim, para prevenir a doença, que pode aparecer “sem motivos”, a dica é deitar-se ou pelo menos se sentar quando começar a sentir os sintomas, para a pressão voltar ao normal mais brevemente.

Caso real

Formada em pedagogia, Nataly Tardelli, de 32 anos possui um tipo de transtorno. A pedagoga sempre pensou que esses problemas poderiam ocorrer por motivos “naturais”, como a má alimentação ou beber pouca água.

Mesmo achando isso normal, Nataly sempre tinha o receio de sair na rua e passar mal.

Devido a vários transtornos, Nataly procurou um hospital após mais uma vez passar mal fora de casa. Depois de dar entrada no hospital, a neurologista  propôs internar Nataly por 5 dias, para analisar melhor e conter melhores resultados.

Após um teste chamado “Tilt Teste”, foi detectado o vasovagal.

Isso quer dizer que ainda que se conheça a doença, apenas um médico é indicado para fazer a constatação, sendo que para isso pode ser necessário o uso de equipamentos e tecnologias. Por isso, sempre busque ajuda médica em hospitais e consultórios.