Saiba por que a obesidade influencia no tamanho do cérebro

Ficar acima do peso pode desencadear em diversos problemas na nossa saúde, tantos físicos como psicológicos,  além de nos fazer estar fora dos padrões de beleza que são impostos pela nossa sociedade.

Porém, cientistas da Universidade de Loughborough, no Reino Unido, chegaram à conclusão que problemas com o peso pode afetar também o tamanho do cérebro, ocasionando no encolhimento do mesmo.

O estudo

Para chegar a essas conclusões, um estudo com 9.652 pessoas com idade média de 55 anos, foi feito e publicado no periódico Neurolagy.

No estudo, foram calculados o IMC de cada pessoa, que é o índice de massa corporal, além da medida da cintura-quadril, com a sua circunferência abdominal pelo tamanho do quadril e também a gordura corporal total de cada um.

Segundo os especialistas, para uma pessoa ser considerada obesa, o seu índice de massa corporal tem que ser superior a 30. Na questão da cintura e quadril, os homens são acima de 0,90, e as mulheres acima de 0,85.

Os pesquisadores fizeram um cálculo médio do tamanho do cérebro, utilizando alguns exames, como a ressonância magnética. Depois, examinaram o volume de matérias cerebral cinzenta e também a branca.

Normalmente, a matéria branca em nosso cérebro é cheia dos feixes de fibras nervosas, que faz a junção com partes do nosso cérebro.

Já a parte da massa cinzenta, abriga a maioria das células nervosas, que são mais de 100 bilhões, assim mantendo o controle muscular e a nossa percepção sensorial.

O que os dados disseram?

Após toda a pesquisa e comparações, os pesquisadores chegaram a uma conclusão.

Segundo eles, existem diversas ligações entre o tamanho do cérebro e a gordura corporal, já que pessoas com o índice de massa corporal e relação de cintura e quadril maiores, tem um volume total do cérebro menor.

Ainda segundo os dados, 1291 pessoas analisadas com o índice de massa corporal mais elevado e uma relação de cintura e quadril alta, tiverem um menor volume da massa cinzenta cerebral, chegando a uma média de 786 centímetros cúbicos.

Em comparação com as pessoas consideradas saudáveis, dentro do seu peso, o tamanho era de 798 centímetros cúbicos de massa cinzenta no cérebro.

Quem tinha um índice de massa corporal elevado, mas com uma relação de cintura e quadril considerados saudáveis, o tamanho médio era de 793 centímetros cúbicos na massa cinzenta. Dos analisados, foram 514 pessoas nessa situação.

Massa branca

Já relacionado a matéria branca dos cérebros, elas não apresentavam nenhuma diferença muito significante, mas, segundo os cientistas, existe ligação entre o processo do excesso de peso com a diminuição do tamanho em algumas regiões do cérebro, que são associadas a motivação à recompensa.

Mesmo com toda a pesquisa e os dados obtidos, os pesquisadores alertam que não podem afirmar que a obesidade que resulta nas alterações do volume cerebral ou se são as anormalidades na estrutura que levam a isso. 

Mark Hamer, um dos professores da Universidade e principal autor de todo o estudo, ainda ressalta que toda essa analise irá exigir mais pesquisas, mas que o resultado esperado será alcançado ao longo do tempo.