Rendimento da poupança hoje: veja como investir melhor!

Um dos programas bancários mais procurados pelos brasileiros é a Poupança, ou seja, a tradicional caderneta da poupança. Nela, o cliente guarda o dinheiro e ainda recebe uma porcentagem por cima disso, no que é chamado de rendimento mensal.

No entanto, a poupança peca na hora de funcionar como um investimento. Isso ocorre porque o banco esta “usando” o dinheiro, que fica a disposição dele, mas guardado na sua conta. E os juros não são muito altos para o consumidor que recebe.

Os juros são sempre pagos pelo banco ao cliente, sempre após o prazo de 30 dias. Mas, ao ter a aplicação feita, o consumidor pode buscar melhores opções de buscar rendimentos de juros além da poupança, levando em conta que essas opções podem ser mais rentáveis.

Sistema de juros da poupança

Todo mês os juros são calculados de acordo com o valor que foi depositado. A porcentagem, então, é paga ao cliente em uma data estabelecida pelo banco, podendo ser a mesma da abertura da conta poupança ou da realização do seu primeiro deposito bancário.

Caso o cliente retire o dinheiro antes do prazo de 30 dias, os juros que iria render é perdido, portanto, é importante que deixe o dinheiro na poupança sem retiradas para que então possa lucrar.

PROPAGANDA

Para ter um retorno financeiro na poupança temos que ficar atentos diretamente em 2 taxas: sendo a de juros básica da economia (a famosa Taxa Selic) e a TR, Taxa Referencial. Os valores de cotações atuais das taxas interferem diretamente nos juros recebidos.

Vale ressaltar que nenhum banco irá te dar dinheiro de graça em pouco tempo, portanto, se busca uma rentabilidade, deve investir um bom dinheiro por um bom tempo, pois a curto prazo os retornos são bem pequenos.

Comparação e simulação

Como falamos acima, a curto prazo os retornos de uma poupança são pequenos. Em uma breve simulação, com um investimento de R$ 1 mil por um prazo curto de 12 meses, que é igual a 1 ano, o cliente lucraria pouco mais de R$ 75.

Agora se o cliente investir R$ 10 mil por um período de 12 anos, teria no final um valor de R$ 25.696,50, um ganho de R$ 15.696,50, o que já seria um valor considerável.

Porém, em comparativo com outros sistemas de investimentos, podemos notar que a poupança fica para trás na questão da rentabilidade, já que com os mesmos R$ 10 mil de investimentos e pelo mesmo prazo de 12 anos, o cliente teria um lucro de R$ 29.666,00 no LCI.

Ou R$ 32.365,00 no Tesouro Selic; R$ 33.732,20 no CDB de grandes bancos; e R$ 38.631,00 no CBD. Viu por que nem sempre a poupança vai ser vantajosa para você poupar dinheiro?

Como investir na poupança

Com todos os dados e fatos apresentados acima, se você quiser investir em uma poupança, pelo fato de não precisar pagar taxas e mesmo que sendo menos rentável, o processo é muito simples.

Basta ir até a agência do seu banco ou procurar um novo se preferir. Com os seus documentos, basta falar com o gerente e realizar a abertura da poupança. Após comprovação dos dados, a conta é aberta. Alguns bancos exigem aplicações iniciais mínimas. Consulte.

PROPAGANDA