Quais são os riscos e mitos sobre a obesidade?

Publicidade

Todo final de ano é a mesma promessa. “Ano que vem vou emagrecer”. Mas o ano começa e a vontade do regime passa. Se esse ideal fosse cumprido, hoje, no Brasil, metade da população não sofreria com problema de obesidade, segundo informações do portal de notícias g1.

Publicidade

Mas emagrecer é mais que uma questão de estética, a saúde está na frente da beleza. O excesso de peso e, principalmente o acúmulo de gordura na região abdominal, causa várias doenças.

O primeiro órgão que sofre danos é o coração. O acúmulo de gordura gera o aumento do colesterol ruim, que pode lesionar as paredes das artérias, ocasionando as doenças circulatórias. A insuficiência de sangue no coração pode acarretar o infarto, já a difícil oxigenação no cérebro pode levar a um AVC (Acidente Cardiovascular).

Outro problema que o excesso de peso ocasiona é o Diabetes Tipo 2. Este tipo de diabetes prejudica também a circulação sanguínea. Quando há falta de circulação nos globos oculares há perda progressiva da visão.

Até o sono é prejudicado em pessoas com sobrepeso. A apneia, parada respiratória durante o sono, causa sérios danos ao corpo. O não tratamento da doença pode levar ao óbito. Danos na articulação da coluna, joelhos, quadris e perda de cartilagem são outros graves problemas da obesidade. A deterioração da cartilagem diminui o espaço entre as juntas. Quando isso acontece os ossos passam a entrar em atrito, causando um desgaste. Esse processo, além de causa dor, prejudica a locomoção.

Mitos sobre regimes

Se você já tem conhecimento de todos os problemas que a obesidade causa é preciso tomar uma decisão. Praticar atividades físicas e mudar a alimentação são os primeiros passos. Também é importante procurar auxílio de um nutricionista e não acreditar em qualquer dieta.

De acordo com uma reportagem veiculada no portal de notícias g1 em novembro de 2010 existem alguns mitos referente às dietas. O primeiro deles diz respeito à ingestão de líquidos durante as refeições. Ainda não se sabe se beber enquanto come engorda porque o líquido se dilui com o ácido clorídrico (ácido presente no estômago) e prejudica a digestão, podendo levar a uma dificuldade na eliminação das gorduras.

Publicidade

O segundo mito é a relação do ovo com o aumento do colesterol. Segundo a reportagem é mentira que comer ovo aumenta o colesterol ruim. Deve-se tomar cuidado com a fritura, que deverá ter pouco óleo.

Em relação a ingestão de comida antes de dormir é provado que engorda porque o excesso de comida aumenta a liberação de insulina, que favorece o acúmulo de gordura. É recomendado que se coma pouco e três horas antes de dormir.

Jantar engorda? Ficou provado que o hábito de jantar não engorda, pois se a comida for balanceada pode fornecer vários nutrientes durante a noite. O ideal é comer um carboidrato integral, uma carne magra, um legume, verduras e azeite.

E o abacate? Além de não engordar possui uma gordura monoinsaturada que auxilia na eliminação de gordura. Deve-se comer meio abacate pequeno três vezes por semana.

O abacaxi também ajuda a perder peso porque tem a enzima bromélia, que auxilia na digestão. A fruta também ajuda a diminuir a vontade de comer doce.

Outra verdade sobre as dietas é a ingestão de água morna auxiliar na perda de peso, pois ajuda a reduzir a acidez do estômago, favorecendo a ionização dos alimentos. O processo ajuda na eliminação de toxinas.

Um mito muito sério sobre dietas é a ideia de que para emagrecer deve-se ficar muito tempo sem comer. A verdade é que deve-se comer a cada três horas, pois mantêm-se o metabolismo ativo e os níveis de açúcar ideais.

Redação Dicazine

Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!

Um comentário em “Quais são os riscos e mitos sobre a obesidade?

  • 11 de fevereiro de 2011 em 2:09
    Permalink

    olá,gostaria de saber se é mito ou verdade que se a adolescente gorda não emagrecer antes da menstruação depois será difícil a perca de peso?ou seja não conseguirá emagrecer de pis da menstruação?oBRIGADA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *