PIS começa a ser pago pelos bancos com novo valor do salário mínimo

O PIS, Programa de Integração Social, é uma ação do governo na qual vida distribuir melhor a renda do nosso país, pagando aos empregados uma espécie de abono salarial.

Ele é calculado de acordo com algumas ações da empresa, levando em conta desde comissões, salários e até os adicionais. E também é importante que se tenha trabalhado durante o último ano letivo.

Mesmo sem um valor exato, estima-se que o benefício chega a ficar entre 0,65% a 1,65% do faturamento bruto empresa que o trabalhador presta os seus serviços.

Direito ao PIS

Para ter direito ao PIS, basta ser um trabalhador que esteja na empresa por pelo menos 5 anos, além de ser cadastrado no programa e ter trabalhado por no mínimo 30 dias no ano anterior.

Outro ponto que vale ressaltar é que é o empregado quem paga o valor do PIS, só que ele não é descontado do trabalhador.

Para esse ano de 2019, a novidade fica por conta do valor do PIS, que já vem com o aumento baseado no novo salário mínimo, passando a R$ 998,00.

O reajuste que foi de 4,6% em relação a 2016 e é um direito de todos os brasieiros, com base na inflação e imposto até mesmo em lei. O saque do abono salarial é feito através das agências da Caixa Econômica Federal, com o cartão Cidadão.

Veja quantos você irá receber de PIS em 2019

Quem trabalhou por 1 mês receberá o valor de R$ 84. Já quem atuou por 2 meses, R$ 167. 3 meses, R$ 250. 4 meses, R$ 333. 5 meses, R$ 416. 6 meses, R$ 499. 7 meses, R$ 583. 8 meses, R$ 666. 9 meses, R$ 749. 10 meses, R$ 832. 11 meses, R$ 915. 12 meses, recebe o valor total, que é de R$ 998.

Como consultar o número do PIS?

Se você tem dúvidas se recebe o PIS em 2019 ou não, poderá consultar o mesmo para averiguar a informação. Mas, para isso, precisa do número do PIS. Para conseguir o mesmo, basta ir até o ministério do trabalho e levar os seus documentos pessoais.

Se preferir, pode fazer tudo online, mas aí requer o seu número do NIT. E para ter o NIT, acesse o site do Cadastro Nacional de Informações Sociais, diretamente no link e escolha a opção filiado.

Finalizando todas as etapas, preenchendo todos os formulários que aparecerem com as informações corretas, o cidadão terá em mãos o seu número NIT e com ele tudo ficará mais fácil.

Com o número anotado, o cidadão poderá ter mais facilidade para conferir diversos programas do governo, não apenas o PIS, como também o FGTS, por exemplo.

Para isso, basta acessar o site da Caixa, no link ou até mesmo pelo aplicativo no celular, que pode ser encontrado na biblioteca do seu Smartphone, com versões disponíveis tanto para o iOS, nos famosos iPhones ou no Android. Vale ressaltar que o aplicativo é totalmente gratuito e todos podem baixar sem custos.