O rumo da educação no Brasil

A Educação brasileira

Brasil sofre e muito com o fator da edução,  são muitas pessoas ainda analfabetas no país e, para um país evoluir é necessário uma educação de qualidade, porém, isso ainda é uma realidade um pouco distante no Brasil.

Nenhum país progride com uma educação precária, toda população precisa ter acesso decente a educação. O Brasil está em 73º lugar no ranking de educação feito pela ONU, dos 163 países analisados. Ano passado o Brasil estava em 77° lugar, mostrando uma pequena melhora na educação, mas isso se deve porque o país está com um IDH( Índice de Desenvolvimento Humano) elevado, que leva em consideração a qualidade de vida e as condições socioeconômica da população.
Este levantamento mostrou que o Brasil está com uma média de 7,3 anos de escolaridade, ou seja, a quantidade de anos que o aluno passa durante a sua vida escolar média antes da faculdade. Mas a expectativa é que esse número chegue aos 13,8 anos devido as melhorias no ensino e a qualidade de vida da população além dos programas escolares que estão valorizando mais os alunos para aumentar a frequência escolar deles e isso tem mostrado resultado significativo.

 

Mas claro que não basta só o IDH aumentar, é preciso ainda fazer uma “evangelização” nas comunidades para incentivar os filhos a permanecerem nas escolas, pois é somente com essa participação dentro do universo estudantil que o Brasil vai conseguir chegar a um nível de educação bem melhor.

Uma das razões da educação no brasil estar tão ruim é o pouco  de leitura, o habito de achar que se é esperto  quem não respeita leis, normas, humilha ou engana o outro.

Muitas pessoas também possuem a crença errada e tipica de colonia de depender do governo, acham mesmo que o governo é responsavel por sua manutenção e deve cuidar de tudo.

Essa crença é reforçada pelo governos autoritários e populistas como do Lula , que trata o povo como crianças retardadas, sempre na dependencia do papai, não crescem, não desenvolvem a independencia, não cuidam de si mesmos. Essa trágica realidade tende a aumentar com a esmola tipo bolsa familia e semelhantes, mantendo uma grande parcela do povo dependente e sem educação e formação, o que os levaria a independencia e que não admitiria govenos semelhantes.

One Response

  1. Paulo Luiz Mendonça.

Add Comment