O que o visitante pode e o que não pode fazer na Coreia do Norte

A Coreia do Norte é um país que fica no leste da Ásia e sua capital é Pyongyang. Com mais de 25 milhões de pessoas, o local tem um PIB (Produto Interno Bruto) de 12,38 bilhões de dólares e conta com Kim Jong-un como o seu supremo líder.

O país é cercado por belas paisagens, além de muitas montanhas que dão uma vista única. Os hotéis são diferentes, onde o cliente pode dormir sobre um chão aquecido e tem também os famosos templos com mais de 1 mil anos.

O que o visitante pode e o que não pode fazer na Coreia do Norte

Se quiser, o turista pode ter uma alimentação nos mesmos moldes dos antigos reis. O turismo é muito forte no local e tudo é feito com extrema segurança. Mas, os visitantes devem saber o que podem e o que não podem fazer na Coreia do Norte.

O Coletivo

Por ser uma sociedade dominada pelo Estado, na Coreia do Norte o coletivo sempre irá se destacar e não o individual. Sendo assim, o turista verá isso bem nitidamente em sua visita ao país.

O Itinerário

Antes do turista iniciar a sua viagem pela Coreia do Norte, o turista precisa ter o seu itinerário aprovado por uma companhia, além de contar com, ao menos, 2 guias para acompanhar.

As agências de viagens já oferecem um roteiro pré-definido para os turistas. As agências são na maioria das vezes sediadas na China, pois é do país que parte a maioria dos voos para a capital da Coreia do Norte (e não são muitos voos).

Apenas 2 companhias aéreas fazem a linha até Pyongyang, ligando o local até Xangai, Shenyang e Pequim, na China, além de Vladivostok, na Rússia.

O Voo

Nos voos até a Coreia do Norte, a empresa Air Koryo oferece a todos os turistas o jornal Pyongyang Times e o Korea Today. O 1º é em inglês, para que o Turista se atualize sobre o que acontece no país que irá entrar. Já o segundo é uma espécie de revista estatal.

Quando entram no país, os turistas são recepcionados por agentes, que inspecionam todos os aparelhos eletrônicos para que não corram o risco de ter alguma informação imprópria entrando no seu país.

Como tudo é controlado pelo Estado, o mesmo diz onde todos podem ou não ir. Com isso, garantem uma maior segurança aos turistas, porém, isso quer dizer que não tem muita liberdade também.

As Atrações

Um dos locais mais visitados é o Palácio do Sol, onde estão os corpos de Kim iL-sung e Kim Jong-il, ambos embalsamados. Lá os turistas podem observar os antigos líderes do país, porém, nenhum objeto pode ser levado e nem fotos podem ser tiradas.

A Coreia do Norte ainda é famosa pelas suas atrações de acordo com cada estação do ano. No verão, as praias da costa leste surgem como uma ótima opção, assim como as festas na capital, como a em comemoração ao “Dia da Vitória”, que ocorre em 27 de julho.

No inverno, as opções para os turistas são o réveillon, que acontece com cerca de 20 graus negativos, além dos pontos para esquiar. Já no outono, as folhas e flores trazem um visual muito belo e é a estação onde ocorre as colheitas dos alimentos.

Na primavera, tem o principal feriado do país, no dia 15 de abril, que é quando se comemora o nascimento do seu líder, Kim il-sung, além do tradicional campeonato de jogos folclóricos, em 1º de maio.