O que esperar de 2019? 5 curiosidades!

Conheça as principais especulações para este ano. Um grupo de consultores que trabalha com análises futuristas divulgou a expectativa para tendências para 2019. No ano passado, o Visionary Innovation Group da Frost & Sullivan, acertou aproximadamente 80% do previsto.

O foco analisado foi a interferência da tecnologia (fake news, privacidade, etc) e suas reações em relação a governantes e consumidores. Para 2019, a maioria do que é esperado pode ser considerada uma avaliação positiva.

1 – Economia dos unicórnios

As empresas de tecnologia podem esperar um ótimo ano. É que unicórnios como Uber e Airbnb devem receber ofertas com mais de dez dígitos.

Os chineses também estão fazendo acontecer: Futu, Ant Financial Services Group e Didi Chuxing indicam que estão preparando o IPO (Inital Public Offering ou Oferta Pública Inicial).

Mas, nem tudo são flores na economia compartilhada: as avaliações podem perder valor se o mercado de ações estadunidense continuar caindo e fraco.

2 – Vá para o espaço

Quem gosta de desbravar novos lugares ou destinos pouco (ou nunca) visitados, pode optar por planejar uma ida para fora do planeta.

Empresas como SpaceX e Boeing já estão em fase de lançamento para viagens espaciais com tripulantes. Só que além do alto preço – entre US$200 mil e US$300 mil – este tipo de voo tem um complicado desenrolar, já que envolve competição entre governo e empresas privadas.

3 – Seguro também digital

Cidades inteligentes, idosos, carros autônomos e conexão full time serão novos mercados para as seguradoras trabalharem.

Outros pontos que o mercado deve atingir são os espaços compartilhados para trabalhar, pagamento por cada quilômetro rodado, além da proteção cibernética.

A tecnologia, claro, também terá espaço através das realidades aumentada e virtual, blockchain e AI – inteligência artificial. O esperado é que haja uma conexão direta com empresas que gerenciam dados para fornecerem acesso imediato.

4 – De empresa para empresa

O modelo B2B, que quer dizer que os negócios têm como público outra empresa, oferece produtos ou serviços e deve se destacar neste ano.

 Mercados antes vistos como tradicionais devem criar os próprios métodos para fazer a monetização de dados. Indústrias de automóveis, empresas de saúde, entre outras, devem crescer de forma mais agressiva para modelos que têm os dados como base.

Masm só deve dar certo quem expandir com modelos arrojados que devem ter preço e negócio como diferenciais.

5 – A culpa de todo mundo

O que esperar de 2019? 5 curiosidades!

Já não é novidade para ninguém os impactos ambientais sofridos e causados na Terra. Mudanças climáticas soam como aviso para a humanidade. A falta do uso consciente de plásticos e outros materiais também tem papel importante quando o assunto é meio ambiente.

E isso tudo vai interferir também no mercado imobiliário. Como? Locais com baixo risco de desastres provocados pela alteração no tempo, como incêndios e inundações, devem ter o preço elevado.

A regulamentação de indústrias também deve ser modificada para um modelo mais sustentável.

Lembrando que em alguns dos pontos citados, entre outros apontados pelos estudiosos, a questão política e a manifestação pública são fatores que podem gerar modificações no resultado final.