O que é Lúpulo? descubra agora

Você sabe o que é Humulus lupulus? E Lúpulo? Se for um cervejeiro, provavelmente sabe que é um dos ingredientes usados para fazer a sua gelada, mas, sabe pra que serve? Ele trás benefícios para a saúde, sabia?

Calma, segura sua caneca aí e saiba mais sobre o Lúpulos para só depois vai tomar uma.

Corta essa onda

Humulus lupulus é o nome científico do Lúpulo, que é uma flor trepadeira, ou seja, para crescer precisa ser apoiada por outras estruturas, como fios presos a estacas, como acontece com maracujá, por exemplo.

Entre a primavera e o verão ela chega até 6m. Já no outono e inverno, regride para uma espécie de coroa lenhosa no meio da terra.

Ela pertence ordem das canabináceas, sim meu amigo, sua cerveja é prima da maconha, mas não se preocupe, ela não tem os mesmos efeitos alucinógenos, então sem ‘onda’.

Lúpulo pode ser masculino e feminino, porém, para a composição da cerveja, apenas as fêmeas são úteis, pois só elas tem glândulas de lupulina que soltam resinas e óleos.

Aquele amarguinho

Esse amarguinho da cervejinha que você tanto gosta vem do lúpulo, é como se ele fosse um tempero.

O amargor e também o aroma, são gerados de diferentes formas, tudo depende da forma da produção, quantidade e a variedade.

O composto amargo do lúpulo também está ligado a estabilidade da espuma, pois para consegui-la é necessário a mistura dele com vários elementos.

Além do sabor, a erva ainda é usada na produção de cerveja pelo fato de dificultar o desenvolvimento de bactérias na bebida, o que é conhecido como efeito bacteriostático.

Essa propriedade foi de suma importância para que fosse empregada na cerveja antigamente, sendo assim, é tido como “conservante natural”, auxiliando a estender a validade do produto.

Outra característica marcante da planta é sua riqueza em produzir substâncias antioxidantes, que agem contra radicais livres.

Alguns dos seus compostos são materiais de estudo em pesquisas para combater o câncer e doenças cardiovasculares.

Não deixe no sol e cuidado com o ‘chulé’!

O lúpulo traz vários benefícios, mas com ele, acontecem alguns probleminhas, que chamamos de off-flavors, ou defeitos achados na  ceva, não todos, mas alguns são provenientes do lúpulo.

Entre os defeitos causados pela planta, podemos destacar dois que são os mais comuns: Lightstruck e isovalérico.

O Lightstruck é o mau cheiro gerado pela exposição do lúpulo incluso na cerveja à luz. Já o isovalérico, é um odor proveniente de lúpulo velho e que lembra muito chulé.

Portanto, verifique a data de vencimento e guarde em locais frescos.

Lúpulo não gosta muito de um país tropical

Com certeza Jorge Ben Jor, que ama nosso clima bonito por natureza, ficaria triste ao saber que o lúpulo necessita de baixas temperaturas e de exposição à muita luz, variando entre 9 horas e 14 horas por dia.

Países que estão em latitudes maiores possuem melhores condições para a cultura da planta. Até produzimos lúpulo em terras tupiniquins, mas nada de extraordinário.

Os campeões do mundo em lúpulo são Alemanha, EUA, China, República Tcheca e Polônia. De novo esses alemães, vencem na copa e no copo.