O que é Encceja? Descubra o que é e como participar

Hoje em dia, no Brasil, muita gente acaba enfrentando problemas no mercado de trabalho por não terem terminado o ensino médio e fundamental. Há uma estimativa de que sejam mais de 67 milhões de brasileiros nessa situação.

A boa notícia é que existem formas de conseguir concluir essa etapa do ensino de forma simplificada. E o benefício é imediato: mais chances de voltar ao mercado de trabalho, além de ter no currículo a conclusão do ensino.

As principais alternativas para retornar aos estudos e concluir eles são: Educação de Jovens e Adultos (EJA), Centros Estaduais de Educação Continuada (CESECS), Exames Supletivos, Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O Encceja

Muitas pessoas que querem ter o certificado de estudo estão recorrendo para o ENCCEJA (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos), uma prova de Supletivo, visa só os alunos de EJA.

Nos últimos 6 anos aconteceu a certificação através da prova do ENEM, no entanto, devido às falhas que foram comprovadas, hoje não é mais possível conseguir o título pelo ENEM.

No novo modelo, o governo incentiva as pessoas a voltarem para uma rotina escolar mais branda e, depois, demonstrando o conhecimento mínimo exigidos no Ensino Médio e Fundamental, essas pessoas podem ter os seus certificados.

 Para isso, basta acessa os conteúdos pontuais, básicos e acertar no mínimo 50% da prova, dando enormes chances de concluir e certifica-se e abrindo novas portas para o mercado de trabalho.

E como funciona o Encceja?

O ENCCEJA é um supletivo feito pelo MEC (Ministério da Educação), que foi criado em 2002. Em 2009, o Inep designou a certificação do ensino médio para o Enem. Ele retomou muito forte em 2017, com seu novo formato.

Para participar do programa, você precisa ter 18 anos e aí vai direto para as aulas do Ensino Médio e não importa a série que você parou. A inscrição é online, no site, onde você será direcionado a fazer um cadastro com dados pessoais.

Entre os principais dados que precisam ser entregues, estão: endereço, nome completo, documento. E também é no site que estão outras informações sobre questionários, local onde será feita a prova, etc.

Cuidados ao se inscrever no Encceja

O Inep afirma que  o participante pode ser eliminado do programa ou do cadastro em qualquer momento que for comprovado que declarou informações falsas durante a inscrição. Isso, inclusive, pode gerar penalidades, conforme o Código Penal.

Já quanto à inscrição, o Inep afirma que o processo todo é muito simples e não leva muito tempo, sendo que os principais passos são: informar o número do CPF e a data de nascimento, responder o desafio das perguntas e enviar os dados para análise.