Namoro no trabalho: O que fazer ?

Publicidade

Romance no trabalho é sempre uma questão que implica na postura que cada um dos envolvidos assumirá no decorrer da relação.

Publicidade

Muitas empresas não são favoráveis por acreditarem que um possa atrapalhar o desenvolvimento profissional do outro, muitas delas chegam mesmo a proibir para evitar que diante de um rompimento ou que reações como as de ciúmes, possam acabar mal, tendo a empresa que optar nessas situações pela demissão dos envolvidos como medida exemplar.

Na verdade, a empresa não tem apoio das leis trabalhistas para demitir funcionário por motivo de envolvimento amoroso no trabalho, o que em geral nesses casos acontece, é que o empregador demite com outra justificativa, embora no fundo se desconfie de que o motivo real foi por não acatar a política interna.

É impossível determinar por quem irá se apaixonar ou mesmo, despertar interesse pelo colega de trabalho, quando o coração está vago, pode acontecer com qualque um.

O namoro no trabalho, é um campo que exige muita serenidade, o esforço em não querer monitorar os passos um do outro, ficar seguindo com os olhos para ver onde vai e com quem fala, se irritar se um dos dois eventualemente precise ficar por mais tempo no trabalho é fundamental saber lidar.

Evitar demosntrações de afetividade no local de trabalho também é outro fator que deve ser considerado, os demais colegas de trabalho podem não ficar à vontade com a relação mesmo tendo conhecimento, sem contar que o patrão ou o responsável pelo setor está ali para cobrar produtividade e todos os funcionários foram empregados não para resolverem os seus problemas mas sim os da empresa.

Pode parecer um pouco severo essa colocação mas, e se fosse com você, gostaria de trabalhar a mais para que seu colega de trabalho tivesse mais tempo para namorar? Claro que não, pessoas adultas devem saber separar as coisas, relações no trabalho exigem uma postura um pouco mais sóbria com o mínimo de discrição mesmo que o empregador não manifeste nada contrário a uma relação de envolvimento amoroso entre seus funcionários.

Publicidade

Saiba mais como agir tendo em um romance no trabalho:

Ao chegar no trabalho, agir com naturalidade sem ficar tentando se esforçar para esconder o fato cabe muito bem, essa atitude só serveria para fazer um movimento inverso, às vezes, o esforço em despistar é tão grande que acaba levantando rumores desnecessários.

Controle o ciúme, entenda que antes de ser seu namorado ou sua namorada, era funcionário da mesma empresa e que ambos devem ter maturidade para entenderem que não precisam andar juntos o tempo todo, cada um deve continuar conversando com os demais colegas normalmente.

Nada de ficar pelos corredores dando beijinhos ou amassos pensando que ninguém vai ver, vale botar um bilhetinho na mesa ou na mão enviando um beijo ou marcando um jantar e quem sabe, algo mais.

Se o relacionamento se estabilizar tornando-se um namoro mais sólido, seria interessante ter uma conversa com o responsável pelo setor ou pela empresa, caso ela não tenha estabelecido regras de proibição como parte da política interna. Tomar a iniciativa de comunicar o namoro deixando claro que nada irá interfirir na produtividade e na relação profissional, demosntra uma postura de maturidade e segurança quanto ao assunto.

 

 

 

Redação Dicazine

Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!

Um comentário em “Namoro no trabalho: O que fazer ?

  • 16 de março de 2011 em 15:18
    Permalink

    estou namorando com o meu patrao mas nao ta dando muito serto a gente descuti toda hora quero saber diferenciar namorado e patrao .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *