5 mitos sobre empreendedorismo que você tem que saber!

Se você está pensando em abrir o próprio espaço no mercado de trabalho, virando um grande empreendedor, dono do seu negócio, precisa saber que muitos mitos vão surgir.

A maioria deles serve para te assustar e, acredite: alguns até foram reforçados pela concorrência.

Por isso, temos aqui uma lista para tirar todas as suas dúvidas nesse começo de investimento. Afinal, está mais do que na hora de tirar os planos do papel, não é mesmo?

1 – Muito Dinheiro

Nem sempre você tem que ter muito dinheiro para começar.

A quantidade de dinheiro depende do que você pretende fazer.

Por exemplo, abrir uma franquia bem renomada pode tirar mais reais do seu bolso do que abrir um foodtruck no bairro.

Os valores necessários para dar início a um empreendimento não devem ser vistos como obstáculos para colocar as ideias em prática.

Eles devem ser vistos como investimentos e o investimento de começo precisa incluir o capital de giro para dar conta das finanças.

É muito importante ter um bom plano de negócios com visão de longo prazo, além de iniciativas positivas. Calcule os riscos, essa é uma boa sugestão.

2 – Gênio da Lâmpada

Quem disse que ideias sempre surgem do nada estava equivocado.

Todo mundo está cansado de saber que grandes ideias não vêm do nada. Elas surgem através de trabalho fervoroso, pesquisa e muita dedicação.

O conhecimento necessário para ter um negócio de sucesso vai além da criatividade.

É um motor que se soma ao estudo e a experiência que cada um tem em determinado setor.

Saiba bastante sobre a sua área de atuação, atente-se para as necessidades que ela pede no mercado e conheça o seu público.

Como você vai conseguir alcançá-lo? Você deve ser visto.

3 – Desvantagens

Empreender em qualquer lugar não vai ser vantajoso se você não souber o que está fazendo.

Esse mito está ligado ao mito anterior. São necessários meses e, às vezes, até anos de pesquisa.

O mercado brasileiro é carente em muitas áreas e existe sim bastante mão de obra e força de trabalho.

É por isso que você precisa pesquisar.

Um dos benefícios de ter um negócio próprio é estipular os próprios horários, sendo no Brasil ou no exterior.

4 – Gestão de Negócios

Claro que é preciso ter gestão.

A gestão financeira é a maior dificuldade do empreendedor iniciante, mas ele deve buscar por esse tipo de sabedoria.

Saber lidar com o orçamento, principalmente no começo, é ver os lucros se aproximando, ver quanto falta para conquistar determinado objetivo.

Conhecer o mercado e ter experiências com finanças e fluxo de caixas são fundamentais para manter o negócio.

5 – Medos

É importante se arriscar na vida, mas é mais importante ser conservador do que perder tudo o que investiu.

Saber ponderar e entender quando e onde correr riscos é uma habilidade que deve ser desenvolvida por quem quer ser dono do próprio negócio.

O planejamento é vital para o cálculo e planejar envolve muita coisa: estudar o mercado e os concorrentes.