Minha casa minha vida! – Saiba como fazer o seu!

O Brasil é um país com repleto de programas sociais e benefícios que auxiliam as pessoas na hora de conseguir empréstimo, crédito e financiamentos. Sendo que um dos mais importantes é o Minha Casa Minha Vida.

O que o programa faz é contribuir para que os cidadãos realizem o sonho de adquirir o seu imóvel próprio, facilitando todo o processo com a redução dos juros e taxas.

Descubra como funciona o programa e como se inscrever para o Minha Casa Minha Vida e ter a chance de realizar o sonho da casa própria.

Benefícios do Minha Casa Minha Vida

No programa Minha Casa Minha Vida é possível conseguir o benefício do subsidio, que é um valor que o governo dá para o comprador, diminuindo o valor do imóvel.

Com isso, ele ajuda no pagamento da entrada do seu imóvel ou parte do pagamento total dele. Outra opção que ajuda e muito é a redução dos juros e tarifas, além da flexibilidade do pagamento das parcelas em vários anos.

Não existe uma regra geral sobre os benefícios, mas é possível encontrar no mercado taxas que partem de 5% ao ano e prazos que vão até 30 anos, o que possibilita a realização do sonho para muitas famílias.

Quem pode usufruir do Minha Casa Minha Vida?

Para usufruir programa minha casa minha vida é necessário que o cidadão interessado tenha uma renda de até no máximo R$ 7 mil mensais e, no mínimo, R$ 1,8 mil.

Estando dentro desses valores, basta procurar uma das agências da Caixa Econômica Federal para fazer uma simulação do financiamento. Assim, dá para ter uma ampla noção de como ficariam as condições!

Por outro lado, existem algumas situações que acabam impossibilitando que o cidadão participe do programa Minha Casa Minha Vida, já ter se beneficiado de algum outro benefício habitacional do governo, como o CDHU e o COHAB.

O cidadão que se candidatar para usufruir no programa também não poderá ter nenhum imóvel em seu nome, além de não poder ter o popular nome sujo em órgãos como o SPC e o Serasa

Documentos necessários para o programa

O cidadão que for se inscrever no programa Minha Casa Minha Vida deverá ter em mãos alguns documentos, como a sua certidão de nascimento ou de casamento, o comprovante de residência, carteira de trabalho, RG e o CPF.

Como financiar o imóvel?

Atendendo a todos os requisitos para a inscrição no programa minha casa minha vida e aceitando todos os termos e condições do projeto, o cidadão poderá ir direto até uma construtora ou a Caixa Econômica Federal para pedir o financiamento.

Será feito um contrato, no qual deverá ser lido e aceito para que o mesmo seja finalizado. No programa ainda existem alguns tipos de categorias, portanto, é imprescindível simular as parcelas no site da Caixa.