Júpiter: o maior planeta do Sistema Solar e 5 curiosidades sobre ele

O espaço desperta em cada um a sensação de curiosidade com um quê de mistério. Hoje a gente vai tentar explicar um pouquinho mais sobre Júpiter – o quinto planeta do Sistema Solar. Ele é um dos que mais tem informações interessantes e, por isso mesmo, é tão visto como “joia rara dos céus”.

Fizemos uma pequena introdução com as pesquisas e história do que se tem sobre Júpiter, mas ao final do artigo você vai ler 5 curiosidades que são realmente impressionantes sobre esse planeta.

Júpiter: o maior planeta do Sistema Solar e 5 curiosidades sobre ele

As pesquisas e a história

Em 2016, a sonda Juno enviada pela NASA conseguiu imagens inéditas do planeta. Desde então apaixonados e também astrônomos observam cada detalhe da galeria de fotos disponibilizada pela agência espacial.

Ainda com a ajuda da sonda Juno, mas em 2018, foi possível saber que tem água e monóxido de carbono por lá. Legal, né? Esses elementos foram encontrados num lugar chamado A Grande Mancha Vermelha. Essa mancha é como se fosse uma enorme tempestade que dura mais de 100 anos.

Júpiter é tão grande que daria para colocar 1.300 planetas Terra dentro dele e 11 planetas Terra lado a lado, de tão largo que ele é também. Ainda comparando com onde vivemos, cansaríamos bem menos se fôssemos para lá porque o dia dura só 10 horas.

Olha só: o céu em Júpiter é preto. Em Marte, vermelho e, na Terra, – como estamos cansados de saber – azul. Falando em céu, o planeta tem 79 luas, inclusive luas com oceanos, que podem ter alguma forma de vida.

Quatro satélites naturais gigantes compõe Júpiter e eles são conhecidos como as Luas de Galileu, já que foram descobertos pelo cientista há mais de 400 anos. Ah, essas luas foram as primeiras a serem encontradas longe da Terra.

Já que estamos falando do passado, vamos voltar à origem do nome Júpiter. Veio da mitologia romana. Júpiter era o pai do deus Marte e o filho de Saturno. Para os gregos, era Zeus, considerado o deus dos deuses. Poderoso, ein?

5 curiosidades de Júpiter

Uma das curiosidades mais incríveis é que dá para ver o planeta sem o uso de telescópio, o que é bem raro. E o motivo é o brilho dele, que perde apenas para o sol, lua e Vênus. Outra coisa é que esse é o 2º planeta mais estudado do mundo, ficando atrás apenas de Marte.

E não tem como falar de Júpiter sem citar os anéis, não é mesmo? E o diferencial é que ele tem poeira. Ah, e tem o Shoemaker Levy 9 também, que era um cometa que se chocou com o planeta Júpiter e criou bolas de fogos maiores do que a própria Terra.

Por último, a curiosidade mais impressionante é justamente a que fala que a composição da atmosfera de Júpiter é feita de hidrogênio, mas que se soma com hélio, metano, amoníaco, etano e… núcleo de ferro de níquel.