Como Investir no Tesouro Direto – Para Iniciantes

Veja abaixo como é muito fácil Investir no Tesouro Direto. Tornar-se um investidor não é tão complicado quanto você pensa. Ou seja, não precisa de uma quantia de dinheiro exorbitante, como as pessoas acham. Aprenda aqui o passo-a-passo numa linguagem bem descomplicada para você.

É realmente simples iniciar suas aplicações porque elas podem ser feitas a partir de R$ 30,00. Isso mesmo, não é o “bicho-de-sete-cabeças” que se pinta por aí. Estamos destrinchando cada degrau que você pode subir de forma segura e estável. O Tesouro Nacional representa um fundamento para o fortalecimento das finanças públicas do país. Faça parte disso!

Como Investir no Tesouro Direto
Publicamos um passo a passo detalhado de como investir no Tesouro Direto com segurança e rentabilidade.

Se você ainda está começando a ler a respeito do Tesouro Direto, antes de continuar, leia o nosso artigo para quem está em contato com o investimento pela primeira vez. Nele você, certamente, vai compreender os termos usados e isso vai te ajudar a compreender o investimento com um todo.

Como Investir no Tesouro Direto

Em primeiro lugar você tem que ser uma pessoa física com um CPF. Em segundo lugar você tem que ter uma conta corrente em algum banco oficial do território nacional. A partir daí, você deverá escolher uma instituição financeira, que pode ser um banco ou uma corretora, também chamada de agente de custódia, para intermediar suas transações com o Tesouro Direto.

Nos últimos parágrafos dessa matéria, vai estar disponível a lista completa, num link oficial do Tesouro Nacional, com todas as Instituições Financeiras Habilitadas a operar com títulos públicos federais. Nesse mesmo link também serão apresentadas as taxas que elas cobram pela gestão dos recursos.

Instituições Financeiras Habilitadas

Escolha com cuidado e bastante leitura, qual será a sua Instituição Financeira Habilitada. Entre em contato e peça que eles façam o seu devido cadastramento. Você precisará fornecer a documentação exigida para que essa empresa abra uma conta em seu nome e, posteriormente, opere com o Tesouro Direto.

A partir disso, você vai receber um login e a senha temporários da BM&FBovespa (B3) para fazer o primeiro acesso à área restrita do Tesouro Direto. Lá são feitas não somente as operações de compra e venda, mas também todas consultas de saldos e extratos de suas aplicações.

Imediatamente substitua a senha provisória por uma criada por você. A senha deve ter entre 8 e 16 dígitos. Todavia é melhor que seja composta por letras, números e caracteres especiais. Bingo! Você agora é o mais novo investidor habilitado e já pode começar a fazer suas aplicações com total sigilo e segurança.

Como escolher o título mais adequado?

Calma. Sabemos que você precisa de ajuda para descobrir qual título que mais se molda ao seu perfil para alcançar o seu objetivo financeiro. Por isso, para socorrê-lo nessa decisão, utilize a ferramenta Orientador Financeiro gratuitamente oferecida a quem tem interesse em aprender mais antes de fazer o investimento.

Em suma, ela pode ser acessada tanto no site do Tesouro Direto quanto na área restrita do próprio investidor. Responda cuidadosamente cada pergunta, pois essas respostas irão criar o perfil de seu investimento para o sistema. Por fim, depois de estabelecido o título adequado para sua estratégia, basta efetuar a sua compra.

Canais para as aplicações

Você pode fazer os seus investimentos de 3 (três) formas distintas. Vamos listar todas elas aqui para você se manter informado. Lembre que essa matéria pode ser consultada em todos os momentos que você achar conveniente:

  1. Site do Tesouro Direto: com a sua senha, você acessa a sua “área restrita” do site e faz a operação. Seja ela ou a compra, ou a venda, ou a programação das aplicações, ou a consulta de extrato, dentre outras transações;
  2. Por meio de sua Instituição Financeira: você precisa, previamente, autorizá-la a negociar títulos públicos em seu nome. Mas antes, procure se informar se a instituição que você escolheu, ou vai escolher, oferece essa possibilidade.
  3. Através do site da sua Instituição Financeira: algumas instituições habilitadas integraram seus sites ao do Tesouro Direto. Isso faz com ela seja um Agente Integrado. Em outras palavras, significa que você pode comprar e vender os títulos no site da própria instituição, a qualquer instante, com os preços e taxas iguais aos do site do Tesouro Direto.

Horários para Investir no Tesouro Direto

Os horários estão todos bem explicados na matéria anterior que escrevemos sobre os vantagens do Tesouro Direto. Entretanto, cabem duas ressalvas importantes para que você não se sinta nem limitado, nem perdido com relação aos horários:

  1. O site oficial do Tesouro Direto fica disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, para você realizar consultas. As informações estarão sempre disponíveis para você.
  2. Nos dias úteis, das 5h às 9h30, o sistema fica em manutenção. Portanto, os preços e taxas exibidos no site nesse horário são apenas para referência.

A hora de começar é agora!

Conforme prometemos, segue a lista completa, num link do site oficial do Tesouro Nacional, com todas as Instituições Financeiras Habilitadas a operar com títulos públicos federais.

Além disso, o site oficial do Tesouro Direto que esmiúça ainda as modalidades de aplicação que podem ser tradicionais ou programadas. Informe-se e não perca tempo para tomar a sua decisão. Sucesso!