Geração Alfa: A primeira a ser 100% digital

Crianças nascidas a partir de 2010 fazem parte de uma nova geração conhecida como Geração Alfa. Para essas pessoas o mundo analógico é um passado muito distante. No entanto, a tecnologia pra eles é uma extensão da forma de ver e conhecer o mundo.

Para quem pensava ser impossível superar os millennials e a geração Z em conhecimento tecnológico, se enganou! Chegou o momento de dar boas vindas a tão comentada Geração Alfa, a primeira considerada 100% digital.

De acordo com o Instituto de Pesquisa Pew Reserach Center, analisar gerações, é uma forma de entender os acontecimentos globais. Essa é a nova forma de vermos o mundo.

Geração Alfa A primeira a ser 100% digital
Geração Alfa A primeira a ser 100% digital

Está claro que a Geração Alfa enxerga o mundo através de uma tela. Porém, as gerações anteriores eram definidas a partir dos principais acontecimentos históricos de sua época. No entanto, essas gerações são delimitadas pelo uso da tecnologia atual.

Como as gerações foram definidas

Os chamados “baby boomer” são os nascidos entre os anos de 1946 e 1964. Depois desses veio a chamada Geração X que são os nascidos entre os anos de 1965 e 1979. Essas pessoas cresceram ouvindo seus pais falarem sobre aparelhos e dispositivos eletrônicos. Entretanto, a tecnologia ainda era muito distante pra eles.

Chegou então a vez da Geração Y formanda pelos conhecidos Millennials que nasceram entre os anos de 1980 e 1996. Esses são caracterizados por uma maior intimidade com o uso da tecnologia digital e os meios de comunicação.

Finalmente chegamos a Geração Z, essa por sua vez, é totalmente integrada com as tecnologias do mundo moderno. Esses são os nascidos entre os anos de 1997 a 2010. Estes usam a internet desde pequenos e já se sentem confortáveis com esses aspectos do cotidiano.

Nenhuma dessas gerações se compara a Geração Alfa. Essa é formada pelos filhos da Geração dos Millennials. Essa será então a primeira geração onde o mundo analógica estará muito distante e praticamente sem utilidade na sua realidade. Ou seja, enquanto as gerações anteriores estão se acostumando com a tecnologia, as crianças da Geração Alfa estão dando aula.

E quem são afinal os filhos da geração dos millennials?

Especialista dão conta de que toda semana nascem uma média de 2,5 milhões de novos alfas em todo mundo. Esse dado significa que, em 2025 quando estarão nascendo os últimos dessa geração, será então um grupo com 2 bilhões de pessoas.

A maioria dessas pessoas irá nascer em países emergentes ainda em desenvolvimento. Provavelmente, terão melhores perspectivas que seus pais e avós a medida que sua vida se desenvolve.

O mundo que estará ao redor dos alfas começa com seus pais que já estão conectados o tempo todo. A tecnologia será pra eles uma forma mais simples de conhecer o mundo.

Geração Alfa: O futuro que nos espera

O futuro da Geração Alfa será melhor não somente em questões de renda, como também em qualidade de vida. Além disso, haverão mais oportunidades de aprender e o cuidado um com o outro será maior.

De acordo com Balaguer, será uma geração melhor em vários aspectos. Porém, estará distanciada emocionalmente devido a onipresença da tecnologia na vida de todos.

Balaguer ainda acrescenta que essa crianças terão ainda menos interações pessoais e intercâmbio lingual diminuído. Isso provocará grandes problemas na comunicação interpessoal. O aumento de transtornos de déficit de atenção será inevitável.

O mundo conhecido como analógico estará cada vez menos presente na vida dessas crianças. Embora dominem a tecnologia, as emoções estarão sendo deixadas de lado. Em outras palavras, o ser humano escolherá a evolução tecnológica em detrimento das relações humanas.

Só para ilustrar, hoje em dia os diálogos da geração Alfa acontecem quase sempre por meio de um chat online. Embora os pais tentem o contrário, a tecnologia fala mais alto e encanta essa geração.

E você, a qual geração pertence? Se gostou do artigo não deixe de ver nossa sessão Tecnologia para se manter informado. Até o próximo!