Conheça 7 fortes impressionantes que fizeram parte da história do mundo

A dica hoje é para você que vai sair de férias e está pensando em viajar para algum lugar diferente. Temos uma lista com os 7 principais fortes para visitar e curtir bastante a experiência.

Para quem não sabe, fortes foram construídos ao longo da história em lugares diferentes do mundo com um único intuito: garantir segurança aos povos.

As edificações chamam muita atenção pela grandiosidade, pela localização (alguns ficam até no meio do mar, outros no topo de um morro) e encantam turistas de todos os cantos.

Vale a sugestão para quem é amante da arquitetura, para quem é chegado em conhecer história ou mesmo para aqueles que só querem ter uma bela visão e relaxar. Vamos lá?

1 – Massada – Israel    

Fica no litoral sudoeste do Mar Morto, em Israel. Massada é composta por paredões rochosos que lembram até um filme de ficção científica. Em tons de laranja e bege, esses paredões ficam perto do Deserto da Judeia. Bem lá no alto, foi construída uma das principais fortalezas do território de Israel.

O local foi povoado por mais de mil judeus e a história conta que eles não resistiram à invasão do exército romano. Para não se entregarem, preferiram o suicídio coletivo.

Hoje este monumento é patrimônio declarado pela UNESCO, tem status de Parque Nacional e é um dos maiores sítios arqueológicos do país. O acesso é uma atração também. Dá para ir ao topo de Massada por teleférico ou a pé, pela trilha.

2 – Janjira – Índia     

o Janjira é um dos mais famosos fortes construídos na índia. São todos espetaculares. Esse, especificamente, fica em uma ilha. O acesso é de barco a partir da vila costeira de Murud.

Oval, com doze metros de altura, o forte tem cada centímetro muito bem conservado. Ele é famoso por ser quase impenetrável e também por ter conseguido resistir a várias tentativas de ataques durante toda a sua história. Por dentro, guarda palácios, canhões e pinturas.

3 – Fort Jefferson – EUA

O terceiro e maior forte dos Estados Unidos é esse, que é também uma das maiores estruturas de tijolos do continente americano. São mais de 16 milhões de tijolos. Muita coisa, não é mesmo?

A fortaleza fica no conjunto de ilhas Florida Kews, no estado norte-americano da Flórida mesmo.

Ela começou a ser construída em 1846 e acabou pronta só depois de trinta anos. No fim daquele século, o exército abandonou o forte e ele acabou virando um monumento nacional. Assim como Massada, faz parte de um Parque Nacional. Aqui, de preservação ambiental.

4 – Rumeli – Turquia   

A imagem é de encher os olhos! O forte foi construído na segunda metade do século XV e fica em Istambul, na Turquia, no Estreito de Bósforo. O complexo surgiu como parte de um plano para cortar os suprimentos que chegavam à Constantinopla.

Ele servia também para garantir a conquista da cidade por parte do governo dos otomanos. Depois deles, o local serviu como ponto de parada para viajantes e até mesmo como prisão. Hoje, virou um museu popular aberto ao público. Está carregado de energias que contam essa história.

5 – Rochedo de Gibraltar – Reino Unido

O Rochedo de Gibraltar é todo natural: uma pedra calcária que fica em Gibraltar, um território britânico. Mesmo sendo evidentemente de formação da natureza, o local foi usado como fortificação por mais de um povo.

Os visitantes ainda conseguem ver restos de um castelo mouro construído por volta do ano 700.

Aí, logo depois dos mouros, os britânicos fizeram túneis e galerias por dentro da pedra para evitar os espanhóis. Durante a Segunda Grande Guerra, eles também se protegeram dos alemães nessas escavações. A rede de túneis é o que mais chama a atenção do turista.

Logo atrás vem os macacos-de-gibraltar, os únicos da Europa.

6 – Königstein – Alemanha    

A vista dessa fortaleza medieval é bem bonita. Ela foi construída sobre uma montanha que leva o mesmo nome e está às margens do rio Elba. Fica perto de Dresden, na Alemanha. Isso foi há mais de 400 anos. O forte foi excelente na Segunda Guerra.

Ele acabou sendo usado como depósito de artigos para a luta. Hoje, ele guarda uma cidade. A visão do turista é da Suíça Saxônica – nome do Parque Nacional alemão.

7 – Galle – Sri Lanka      

Pra gente encerrar com chave de ouro, a escolha foi mais um patrimônio da UNESCO. O Forte de Galle é, na verdade, uma cidade fortificada. É exemplo de segurança europeia na Ásia e uma das cidades coloniais que está mais bem preservada no Sri Lanka.

O forte nasceu nas mãos dos portugueses no começo no século XVI. Depois, foi tomado pelos holandeses, que acabaram construindo o que o forte é hoje, com a mão-de-obra local, no fim do século XVII.

Add Comment