Atividade física e fones de ouvido: Qual a relação entre eles?

Aquela musiquinha gostosa na hora de suas atividades físicas é muito prazerosa não é mesmo? Afinal, correr, fazer musculação, pedalar e praticar atividades físicas em geral são essenciais para nosso bem-estar. Nesse sentido, tudo isso fica muito mais agradável com uma música rolando ao fundo. Porém saiba que, dependendo do modelo de fones de ouvido que você usa, seu suor poderá danificá-lo.

Falando especificamente da região interna do ouvido, a verdade é que nem todos modelos de fones possuem proteção suficiente contra secreções da pele, com a finalidade de impedir o contato com os circuitos eletrônicos do aparelho. No entanto, quando acontece esse contato, é provável que seus fones de ouvido deixem de funcionar. Isso pode acontecer na medida que os fones forem sendo utilizados diariamente.

Atividade física e fones de ouvido: Veja como seus fones de ouvido podem ser afetado pelo suor
Atividade física e fones de ouvido: Veja como seus fones de ouvido podem ser afetados pelo suor

Assim sendo, ao utilizar um produto comprado sem garantia do fabricante fica impossível prever qualquer resultado. Entretanto, em linhas gerais, os fones de ouvido ficarão inutilizados devido à baixa resistência a fluidos corporais. Certamente isso não é uma regra nem uma comprovação científica, porém, na maioria dos casos já observados, essa máxima se mantém.

Os fones de ouvido wireless são mais resistentes e seguros?

Primeiramente, tanto os modelos de fones tradicionais quanto os modelos mais modernos wireless estão suscetíveis aos danos causados pelo suor. Porém, os fones wireless mais modernos, por serem mais caros, podem causar maior prejuízo em caso de um dano eventual.

Não é necessário deixar de usar totalmente os fones de ouvido durante suas atividades físicas. Entretanto é aconselhável a substituição desses modelos tradicionais por modelos de marcas reconhecidas. Estes, por sua vez, passaram por inúmeros testes de qualidade quanto a durabilidade e resistência ao suor.

Uma dessas qualificações é a Classificação IP (ingress Protection). Quando essa proteção estiver presente nos fones de ouvido, irá aparecer especificada no produto. A sigla é algo parecida com IPXX – sendo XX uma numeração – e garante a resistência daquele produto aos efeitos nocivos do suor.

A saber, o primeiro “X” refere-se diretamente à tolerância do equipamento à entrada acidental de partículas sólidas. Já o segundo “X”, está relacionado com à impermeabilidade do produto. Para indicar suas propriedades, listamos abaixo o significado de cada um deles:

Proteção contra sólidos:

  • 1 – Proteção contra partículas sólidas com diâmetro maior que 50mm
  • 2 – Proteção contra partículas sólidas com diâmetro maior que 12,5mm
  • 3 – Proteção contra partículas sólidas com diâmetro maior que 2,5mm
  • 4 – Proteção contra partículas sólidas com diâmetro maior que 1mm
  • 5 – Proteção contra acúmulo de partículas de poeira
  • 6 – Proteção 100% contra a entrada de poeira

Proteção contra líquidos: Grau de intensidade

  • 1 – Proteção contra água derramada verticalmente
  • 2 – Proteção contra água derramada em um ângulo de 15 graus
  • 3 – Proteção contra água derramada em um ângulo de 60 graus
  • 4 – Proteção contra borrifamento de água
  • 5 – Proteção contra água em jatos
  • 6 – Proteção contra água de maresia
  • 7 – Proteção contra água em submersão completa ou imersão por tempo prolongado.

Como aumentar a durabilidade dos meus fones de ouvido?

Fones de ouvido mais caros, geralmente possuem esses índices de proteção mais elevados, por esse motivo prefira esses aos falsificados. Boa parte dos fones é projetada para expelir água ou suor, mas isso, na prática nem sempre acontece.

O ideal mesmo é manter os fones de ouvido sempre em local fresco e arejado. Isto é, após sua utilização não se deve expor o produto a temperaturas elevadas por muito tempo. Isso aumentará o tempo de vida útil deles.

Além disso, se você estiver percebendo uma baixa qualidade de áudio em seus fones de ouvido, faça uma higienização com cotonete. Afinal de contas, higiene nunca é demais, não é mesmo?

Uma limpeza usando álcool isopropílico de vez em quando também é legal. Devido a essa limpeza periódica, seu fone de ouvido pode durar bem mais. Ou seja, um pouco de cuidado a mais pode prolongar a vida de seu fone de ouvido.

Gostou do artigo? Então veja mais dicas sobre tecnologia em nossa sessão Tecnologia. Até o próximo artigo.