Está de mudança? Todas as dicas para fazer uma mudança organizada

Pelo menos uma vez na vida, a maioria das pessoas passa por mudanças. E estamos falando de mudanças de casa mesmo, que pode ser para um imóvel novo na mesma cidade ou até mesmo para outra cidade, estado, país.

Só que sem organização, a mudança pode significar bagunça. E o melhor jeito é se planejar para que tudo ocorra sem dor de cabeça, afinal, ninguém quer começar a vida em uma nova casa já com coisas espalhadas por todo o canto. Não é mesmo?

Guarde itens!

A primeira dica é reservar muitas caixas, fitas e jornais, que são considerados itens obrigatórios em qualquer mudança e de qualquer tamanho. Mesmo que não vá levar muita coisa, você vai precisar de caixas.

Com os jornais, empacote todos os itens pequenos e vidros, como copos e pratos, por exemplo, para evitar que quebrem. Também empacote quadros, porta retratos e todos os itens frágeis.

Se programe!

Faça todo esse procedimento com antecedência, não deixe para os últimos momentos, o último dia, afinal, é onde tem a maior correria. A dica é embalar tudo com, ao menos, 2 dias de antecedência.

Seja organizado!

Uma boa dica é separar as caixas com números. Assim, ao chegar na casa nova, você não vai precisar abrir tudo para saber onde está o palito de dentes, sabe?

A recomendação de quem já é experiente no assunto é separar as coisas mais urgentes e enumerar a caixa com o número 1, sendo estes os objetos que serão desembrulhados no primeiro dia.

E assim por diante, ao passo que as caixas com números maiores são as que menos tem pressa para serem desembaladas!

Outra dica é fazer esse procedimento separando por cômodo, ou seja, escreva número 1 sala e coloque os objetos mais importantes da sala. Número 2 é o quarto caso e assim vai.

Crianças e animais de estimação!

Se você tiver crianças ou animais de estimação, a dica é deixar eles com um parente próximo, como uma avó, tia, sobrinho, pais ou alguém em quem você confie. Isso porque a mudança requer muitas etapas.

Eo que mais queremos é evitar acidentes com crianças ou os bichinhos de estimação. Em último caso, se não tiver parentes por perto, recorra a uma creche ou babá por um dia, pois é melhor prevenir do que arriscar alguma situação ao seu filho. Não concorda?

Para os animais de estimação, a regra é a mesma!

Kit emergência!

Faça um kit de emergência. Por quê? A primeira noite na nova casa sempre é complicada – alguma coisa ou parte do seu corpo pode doer, como joelhos, mãos,braços ou mesmo as pernas.

Por mais preparado fisicamente que você esteja, pode ser algum músculo sinta apressão da mudança de casa. A dica é separar uma mala com os principais itens de “primeiro socorro”.

Oque pode ter nesse kit? Tudo vai depender do seu autoconhecimento. Se é uma pessoa que costuma ter dores de cabeça, já separa o remédio para isso. Mas,também dá para colocar lá: toalha, cobertor, fitas, tesoura, pomadas, etc.