Confira 5 dicas para se dar bem na redação do ENEM

Você estudou o ano inteiro e agora chegou a sua vez! Vai prestar o ENEM nos dias 3 e 10 de novembro desse ano? Está na reta final dos estudos, das revisões? Não tem problema! Respira e vai!

Confira 5 dicas muito especiais para tirar nota máxima na redação do ENEM. Atenção, você que se encaixa nessa situação. Afinal, a redação continua sendo o principal desafio para os estudantes.

Confira 5 dicas para se dar bem na redação do ENEM

E obter uma nota diferenciada nela, vai te colocar na frente de um monte de candidato.

Os 5 melhores conselhos

Professores de redação se juntaram e separaram uma lista com alguns conselhos para uma redação nota 1000.

Não tem muito segredo para conseguir uma boa nota, mas se dedicar, se empenhar, se organizar no tempo e, principalmente, dominar um bom português são essenciais.

1 – associe!

A primeira dica é: não subestime suas ideias e aprenda a fazer associações.

Você sabe o assunto, não fique em dúvida.

A redação trata muitas vezes de casos da atualidade, aquelas notícias que você vê nos jornais, aquela mudança que o presidente pretende fazer, um acontecimento da natureza, relações pessoais…

Tudo isso você está por dentro.

Acredite em você, dificilmente o candidato não vai saber noção nenhuma sobre o tema.

Então, para se sair bem, é necessário confiar nas próprias ideias e aprender a fazer aquela ligação com outras disciplinas.

A banca examinadora adora ver uma associação com sociologia, filosofia, geografia e história. Arrisque!

2 – planeje!

Em segundo lugar, mas não menos importante está o planejamento.

Leia, entenda o enunciado, vá com calma… Aproveite os textos de apoio.

A tarefa fica mais simples se o aluno tem o costume de ler.

Há o exercício do raciocínio rápido e a interpretação de texto.

Essas 2 coisas são conquistadas com o hábito de leitura.

3 – organize!

A partir dessa etapa, você precisa focar na organização. Pense no esqueleto do texto. Você vai começar apontando o tema, depois a tese, os argumentos.

Deixe tudo claro no texto e lembre-se que toda dissertação deve ter título, introdução e conclusão.

Essa é a estrutura básica de um texto!

O que o pessoal da correção diz é que muita gente esquece do básico e as dissertações acabam ficando “jogadas”, sem começo, meio e fim.

4 – cite!

Lembra daquela dica das associações? Que tal se você memorizar citações de grandes pensadores?

Inclua isso na redação (cite a pessoa certa!) que pode te render bons pontos.

Não esqueça de dar crédito para o autor, para ninguém achar que você está querendo tomar proveito de um grande pensador.

O exercício de colocar esse item diferente na redação prende a atenção do avaliador e deixa tudo mais interessante.

5 – solucione!

A dissertação vai partir de um problema. Todo problema, toda discussão precisa de uma solução. Então elabore as propostas de intervenções.

Ou seja, possíveis soluções para o problema em questão.

A proposta pode estar no último parágrafo, mas precisa ser fundamentada.

Pegue a ideia principal, dê uma retomada nela, contextualize o leitor e indique como a mudança precisa ser realizada.