Descubra quais são as 10 profissões mais perigosas nos Estados Unidos

Os dados são da Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos Estados Unidos e mostra as fatalidades no país com base em profissões. Ao todo, o país teve mais de 5 mil acidentes graves de trabalho. E o estudo levou em conta o número de mortes para cada 100 mil profissionais.

No topo da lista estão os pescadores, com incríveis 99 mortes para cada 100 mil trabalhadores. Leve em conta ainda que a pesquisa considera também o tempo integral de trabalho e não meio período, por exemplo. Confira o resultado!

1 – Os pescadores

Aqui vale a lista para pescadores mesmo e todo profissional que está inscrito em atividades relacionadas à pesca.

O resultado pode parecer meio “diferente” ou “inesperado”, mas saiba que a cada 100 mil trabalhadores em tempo integral nos Estados Unidos que atuam nessa área, 99,8 morrem.

2 – Os Extrativistas

Logo na sequência estão os trabalhadores que atuam com a extração da madeira, independente do tipo de madeira ou da forma com que fazem isso.

Lembrando que apesar da tecnologia, e do fato de os Estados Unidos ser um país altamente tecnológico, ainda existem extrativistas que usam equipamentos mais antigos, como motosserras, por exemplo.

O número de 84,3 mortes para cada 100 mil trabalhadores.

3 – Os Pilotos de Aeronave

Por mais que viajar de avião tenha se tornado seguro nos últimos anos, no Estados Unidos, a cada 100 mil trabalhadores de tempo integral, 48,6 que atuam como pilotos de aeronaves ou que são engenheiros de voos acabam morrendo.

4 – Os Carpinteiros

Sim, muitos carpinteiros morrem nos Estados Unidos e isso quer dizer que para cada 100 mil trabalhadores, 45,2 não tem “sorte”.

5 – Os Coletores de Materiais para Reciclagem

Outra profissão arriscada nos Estados Unidos, por mais que incrível que isso pareça, é o de coletor de materiais recicláveis. São 35 morte para cada 100 mil trabalhadores.

6 – Os Funcionários de Obras

Esses fazem parte do 6º grupo de pessoas que mais morrem nos Estados Unidos. 33,4 é o número de trabalhadores para cada 100 mil.

7 – Os Motoristas, Os Comerciantes e os Caminhoneiros

O grupo aqui é bem maior e eles ocupam a 7ª posição porque para cada 100 mil trabalhadores, 26,8 acabam morrendo.

8 – Os Fazendeiros, Os Pecuaristas e os Agricultores

Na verdade, o grupo aqui vai muito além e vale para todos os trabalhadores que estão relacionados à agricultura americana. Os Estados Unidos é forte nessa área de transgênicos, mas o país não é tão grande para produzir.

O resultado é que a cada 100 mil trabalhadores dessas áreas, 24 morrem.

9 – Os Paisagistas e os Jardineiros

Os paisagistas e quem trabalha como jardineiro também são pessoas que tem certo risco de trabalho. São 21 mortes para cada 100 mil trabalhadores.

10 – Os Eletricistas

Considerada uma profissão das mais arriscadas, os eletricistas ficam na 10ª posição entre as profissões mais perigosas nos Estados Unidos. 18,7 é o número para cada 100 mil.