Degelo na Groenlândia – em 10 anos aumento foi de 4x

Na Groenlândia todos estão cientes sobre o degelo, que de 2003 a 2013 chegou a aumentar 4 vezes, deixando ele aparentemente visível em zonas grandes da imensa ilha da ártica.

Shfaqat Abbas Khan, diretor do DTU Space Lab, fez um comunicado, na qual disse que em 2003 desapareceu 11km³ de gelo e que após 10 anos desse período, o número aumentou 4 vezes, chegando a 428 km³ por ano.

Degelo na Groenlândia – em 10 anos aumento foi de 4x

Ainda segundo o DTU Space Lab, que é um instituto da Dinamarca, pesquisadores participaram de um estudo que envolvia as mudanças em massa nas geleiras da Groelândia e todos os resultados foram publicados pela Academia Americana de Ciências (PNAS).

O estudo

Segundo o estudo, as mudanças profundas foram surpreendentes e mudaram todo o esquema de degelo.

Inicialmente, o derretimento do gelo na Groenlândia era apenas na calota, localizado na parte das geleiras do noroeste e sudeste, porém, o novo estudo aponta que o gelo passou a derreter também no sudoeste da ilha.

E o pior, de forma acelerada graças a todo o aumento da temperatura do solo.

Com o aumento das temperaturas na terra, o contato com a água do mar fica cada vez mais quente e isso favorece o derretimento da camada de gelo da Groenlândia, além de também explicar a elevação parcial dos níveis do oceano.

Na Antártica também o derretimento está cada vez mais rápido e em um ritmo acelerado que nunca foi visto, com a sua taxa podendo causar um nível desastroso em um futuro próximo.

Para se ter uma ideia do tamanho da perda, entre 1979 e 1990 a Antártida teve uma perda de 40.000 milhões em média de massa glacial por ano.

Já de 2009 até 2017, esse número foi infinitamente maior, chegando a 252 bilhões de toneladas em média por ano, variando de acordo com cada região.

Outra comparação é em relação a ascensão média do nível do mar, que era em cerca de 20cm no século 20 e hoje ela sobe em média 3,3 mm por ano, sendo assim, 1,5 vez a mais.

A Groenlândia

A Groenlândia fica no Reino da Dinamarca, mas é uma região autónoma, com o seu território ocupando uma ilha, que leva o mesmo nome e é considerada a maior de todo o mundo.

O local é rodeado por ilhas vizinhas, que ficam ao largo da costa Nordeste da América do Norte. A capital da Groenlândia é a cidade de Nuuk e a área do país é de 2.166.000 km².

São 56.171 pessoas no país, segundo o último estudo feito, em 2017, e a língua falada é a local, a groenlandesa.

O Produto Interno Bruto do país tem uma estimativa total de US$ 1,268 bilhões, e per capita de US$ 22.507,89. No IDH, a Groenlândia tem um dos mais altos, sendo de 0,803.

Na religião, o local é completamente dominado pelo Cristianismo, com 96,6% da população, sendo apenas 2,2% sem religião, 0,7% de religiões étnicas e 0,5% de outras religiões.