Conheça o cinema no Brasil que funciona totalmente com energia solar

Já imaginou um cinema movido a energia solar? Isso corre em um projeto em Minas Gerais. Todo funcionamento do sistema da sala de cinema é pela energia que vem do sol. Ela é captada por meio de placas solares. Dá para se divertir e ainda ajudar o meio-ambiente!

A energia solar tem se popularizado cada vez mais no nosso país e isso tem acontecido por vários motivos.

O investimento em energia solar

Ocorre que o processo de instalação gera um certo investimento, cujo retorno financeiro virá depois por causa da economia que esse tipo de energia limpa gera na vida das pessoas.

É como se você gastasse um pouco mais para ter economia por muito mais tempo na sua vida.

O mesmo acontece com projetos pioneiros. Eles vêm crescendo porque há a queda de custos nos equipamentos e as ofertas de financiamentos, que estão mais acessíveis.

Essa combinação de fatores é que permite o surgimento dessas ações inovadoras.

Rede Cine A

Uma delas é a Rede Cine A.

É o primeiro projeto de cinema no Brasil movido 100% a energia solar. São quatro salas de exibição no complexo, além de restaurante e academia.

Tudo funcionando com energia limpa produzida por um gerador solar. Esse sistema também é conhecido como fotovoltaico. São 450 placas captando os raios solares.

O sistema funciona com a rede da distribuidora local e faz a troca da energia gerada no dia pela energia consumida no período da noite.

Isso permite ao complexo economizar até 95% na conta de luz, que chega no fim do mês.

Sustentabilidade

O complexo todo começou em janeiro de 2019 em Itajubá. Ele tem o objetivo de valorizar a sustentabilidade em todas as suas operações.

Além da energia solar, usa também o sistema de captação e de reutilização da água que vem da chuva, além de carregadores elétricos para carros também abastecidos pela energia solar.

Para você ter uma ideia, o total de investimento para transformar essa ideia em sustentável foi de R$ 661 mil. Esse valor deve gerar uma economia de R$ 150 mil nas faturas mensais.

O retorno financeiro como um todo deve vir em até 4 anos.

Tecnologia acessível

Essa possibilidade de economia com o uso de geradores solares chama muito a atenção e segue atraindo os brasileiros que, através de portais de energia solar, conhecem mais sobre a tecnologia e a aplicam em seus imóveis.

Essa fonte reutilizável de energia já faz parte da vida de 63 mil consumidores brasileiros, contando casas, indústrias e empresas.

O sistema vem da legislação criada pela Agência Nacional de Energia Elétrica em 2012. As estatísticas também são da ANEEL.

Até 2024, a ANEEL estima mais de 886 mil pessoas investindo em energia solar.