Chuvas causam grandes inundações na Austrália e arrastam até crocodilos para as ruas

Em Fevereiro, a Austrália enfrentou um dos piores períodos de chuva de todos os tempos.

O Exército australiano foi enviado para áreas no nordeste do país, região mais afetada pelas fortes chuvas, devido a inundações excepcionais, em meio a relatos de que crocodilos foram vistos nas ruas inundadas.

Chuvas causam grandes inundações na Austrália e arrastam até crocodilos para as ruas

Diversos moradores ficaram ilhados nos telhados de suas casas e os militares tiveram que utilizar veículos anfíbios para resgatá-los, enquanto um verdadeiro dilúvio caía sobre o estado de Queensland.

Foram distribuídos também cerca de 70.000 sacos de areia.

A região norte tropical do país já está acostumada com as forte chuvas neste período do ano, mas as chuvas de fevereiro superaram média registrada, especialmente na cidade costeira de Townsville.

No bairro de Ingham foram registrados 419 milímetros de chuva apenas no dia 3.

Para o ano inteiro, a média esperada é de 1127,9 milímetros. Em diversos outros bairros de Townsville os carros ficaram debaixo d’água e alguns moradores ficaram sem energia elétrica.

E para estes, as inundações não são a única ameaça, como veremos a seguir.

Crocodilos nas ruas

Depois de 8 dias de fortes chuvas, as autoridades do norte de Queensland tiveram que abrir as comportas da represa do Rio Ross, que já estava com 247% de sua capacidade total, ilhando cerca de 2.000 casas.

A cidade mais afetada pela vazão foi Townsville, onde crocodilos enormes foram vistos nas ruas alagadas e levaram medo aos moradores.

O governo do estado emitiu um alerta para que os residentes da região não se aproximem dos animais. Além dos crocodilos, cobras e outros animais silvestres deixaram o Rio Ross rumo às áreas do subúrbio. 

Isso aconteceu porque os Crocodilos preferem águas tranquilas.

Na ocasião, a ministra do Meio Ambiente de Queensland disse que eles iriam se movimentar em busca de um lugar quieto para esperar pela baixa do nível da água, podendo ser vistos em cruzamentos e, quando a inundação regredisse, poderiam ser vistos em locais pouco usuais, como açudes de fazendas e poços onde não são vistos normalmente.

“Excrementos do seu vizinho”

E se a ideia de se ver cara a cara com um crocodilo enorme não fosse suficiente para evitar que os moradores entrassem na água, a polícia de Queensland emitiu um comunicado advertindo os residentes sobre a possibilidade de encontrar com “os excrementos do seu vizinho em meio às inundações”.

A primeira ministra de Queensland disse ainda que essas precipitações não são um evento esporádico, que acontece de 20 em 20 anos, mas sim um evento que acontece a cada 100 anos, dando uma ideia de como essas precipitações são incomuns.

Os meteorologistas explicaram tudo isso, dizendo que um sistema de monção de deslocamento muito lento estacionou sobre o norte de Queensland.

Outra causa para estas fortes chuvas foram as altas temperaturas enfrentadas pela Austrália no mês de janeiro, o que também agravou a seca no interior do leste e do sul do país, e alimentou os incêndios florestais.