Cairo Santos – o primeiro brasileiro na NFL

O brasileiro sempre gostou de esportes, mas cada vez mais pega gosto pelos esportes americanos, entre eles, a NFL, Liga Norte-Americana de Futebol Americano.

E o que contribuiu muito para isso é o atleta brasileiro Cairo Santos, que atuou pelo Los Angeles Rams, onde joga como kicker.

O jogador teve 6 oportunidades de field goal na temporada, que é o famoso chute que vale 3 pontos e ele converteu 5, mantendo uma boa média e inclusive garantindo uma importante vitória da equipe com essa ação na fase de classificação.

Porém, o atleta é o reserva, já que o titular da condição é Greg Zuerlein, mas isso não desanima o kicker paulista, que foi cortado das finais após o dono da posição retornar de lesão.

Cairo Santos

Com muita humildade, Cairo sempre se mostra feliz fazendo o que mais gosta, que é jogar na NFL, e segue na luta pela conquista de um anel, que é o título da liga.

Cairo foi revelado pela universidade de Tulane, que fica localizada no Estado de Louisiana.

Lá, o brasileiro conquistou um prêmio super importante, o de melhor kicker de todo o futebol universitário, no ano de 2012. Com isso, o atleta acabou recebendo uma oportunidade na NFL, no Kansas City Chiefs.

Após 4 temporadas na equipe, Cairo acabou lesionando a virilha, local complicado para a sua função, pois é o que ajuda na potência dos chutes.

Após esse triste episódio, o jogador acabou tendo poucas aparições em campo e trocou o Chiefs pelo Chicago Bears, mas acabou tendo uma nova lesão e foi dispensado.

Na sequência, Cairo foi parao New York Jets, mas nem chegou a jogar, até que chegou ao Los Angeles Rams, onde entrou em 3 partidas na última temporada e ainda foi para o Tampa Bay Buccaneers.

Expectativa

Em entrevista a Veja, Cairo ressaltou que está muito feliz com a sua saúde, e de que tem certeza de que poderá jogar por muito tempo ainda.

Cairo ainda relembrou que nas últimas 2 temporadas ele jogou pouco por conta de uma pubalgia, que nos Estados Unidos é chamado de hérnia esportiva.

Segundo ele, na época, por vontade de retornar a fazer o que mais gostava, acabou forçando mais do que estava previsto. Após isso, um especialista na Filadélfia indicou uma cirurgia e ocorreu tudo bem.

Sobre a vida de idas e vindas em muitos times, Cairo Santos disse que se sente frustrado por ter passado por 4 clubes em um ano, mas ainda mais por tudo ter acontecido por lesão e não por desempenho em campo.

Porém, o jogador ainda ressaltou que a sua parte técnica segue boa e isso aumenta a sua confiança, mesmo que ainda precise de ritmo de jogo.

Parceiro… de país!

Cairo também falou sobre outro brasileiro que pode entrar na liga, o matrogrossense Durval Neto.

Ele ressaltou que torce muito para que ele consiga e que isso pode abrir ainda mais os olhos de todos os olheiros para os atletas do Brasil, como fazem hoje na Austrália, por exemplo, mas para jogar rugby.