Está com o Bolsa Família Bloqueado? Descubra Como Desbloquear!

O Bolsa Família foi criado para famílias demasiadamente desprovidas, com rendimento por pessoa de no máximo R$ 85 e para aqueles que tem um pouco mais de condição, alcançando entre R$ 85,01 e R$ 170.

Os beneficiários recebem os valores todo mês, em compensação, devem desempenhar obrigações nas esferas da saúde e educação.

O montante recebido equivale a quantidade de pessoas na casa, idade e os rendimentos declarados no Cadastro Único.

Como evitar bloqueio no Bolsa Família

Após conseguir o cadastro do benefício é necessário cumprir um regulamento estipulado.

É de suma importância registrar os dados exatos, atualizar a cada dois anos, comunicar qualquer tipo de modificação na vida da família, como mudança de casa, novo serviço ou demissão, casamento, falecimento, entre outros.

PROPAGANDA

Na escola, é obrigatória 85% de presença para quem tem entre 6 e 15 anos e 75%, entre de 16 a 17 anos.

Os pequenos em 0 e 7 anos precisam ter o cartão de vacinação atualizado. As mulheres de 14 a 44 anos devem fazer acompanhamento médico, em caso de gestante, ir ao pré-natal previamente agendados pelo Ministério da Saúde.

Mesmo cumprindo a risca, e o cartão pode ser bloqueado quando a cidade do beneficiado tem a necessidade de revisar os cadastros ou se a família não for mais encontrada.

Desbloqueando o cartão

A primeira atitude a ser tomada em caso de bloqueio do cartão é se dirigir ao atendimento do programa e procurar saber a razão ou razões daquele bloqueio.

O próximo passado é apresentar um recurso requerendo a liberação. Com este pedido, precisa ser entregue uma documentação exigida: O registro de identidade, CPF, título de eleitor, algum comprovante de moradia, por exemplo, uma conta de energia e CTPS.

No caso do beneficiário possuir menores de idade, é necessário apresentar certidão de nascimento, declaração dos estudos, carteirinha de vacinação, somente para os pequenos até seis anos.

Depois, é só esperar o contato de algum responsável do programa informando que o desbloqueio foi efetivado.

Com o bloqueio do cartão, a família pode ganhar até três prestações referentes as suspensas. Porém, é preciso solicitar o desbloqueio em até seis meses.

Caso contrário, terá o cadastro cancelado.

Aplicativo do Bolsa Família

Para facilitar o acompanhamento do pagamento do benefício e de outras informações pertinentes ao beneficiário, o governo federal lançou o aplicativo do Bolsa Família.

O app é muito simples e de fácil obtenção.

O primeiro passo para conseguir é abrir a loja virtual do celular. Se for android, será a Google Play, já no iPhone, a App Store e no Windows Phone, a Windows Store.

De qualquer forma, o processo será o mesmo. Primeiro, vá na ferramenta destinada para buscas e digite “Bolsa Família”.

Tome cuidado que vários app clones apareceram, escolha apenas aquele que seja da Caixa.

Após a instalação, é preciso digitar os algarismos do NIS para ter acesso a conta. Depois é preciso completar com outros dados para confirmar o acesso.

Entre as ferramentas oferecidas pelo app é possível verificar o saldo, a data de pagamento, e notícias relacionadas ao Governo Federal.

PROPAGANDA