Benefícios do Ovo e a Sua Importância na Alimentação

Importância do ovo na alimentação

proteína
Imagem reproduzida

 

O ovo é um alimento riquíssimo em proteínas, principalmente na clara. E, devido a ser tão rico em proteína e ter um preço bem baixo, tendo assim um ótimo custo x benefício, se tornou muito popular entre os praticantes de musculação e outras atividades físicas que têm buscado o ganho rápido de massa muscular e hipertrofia. Mas, não é apenas pelos os atletas que o ovo deve ser consumido freqüentemente, pois é um alimento importantíssimo é deve fazer parte da dieta de qualquer pessoa, de qualquer biótipo e de qualquer faixa etária.

 

Durante muitos anos foi considerado um grande vilão para a saúde e até hoje ainda há quem evite consumi-lo. Isso porque, segundo estudos antigos, a gema era considerada a grande culpada pelos casos de colesterol alto. Mas foram refeitos as pesquisas a cerca das propriedades dos ovos e os estudos mais recentes vieram a comprovar que a gema do ovo nada tem haver com o aumento do colesterol no sangue, já que as gorduras do ovo são insaturadas.

A gema apesar de ser sim rica em colesterol (embora não influencie no colesterol alto ou colesterol ruim), também é rica em muitos nutrientes, em diferentes vitaminas e em sais minerais. A opção de consumir o ovo sem a gema diminui em muito os seus benefícios.

 

A clara, como muitos já sabem, contém várias gramas de proteína. Porém, o que muitos não sabem, é a gema contém mais proteínas ainda. A cada cem gramas de gema é possível obter até 16 gramas de proteínas, enquanto que na mesma quantidade da clara, encontra-se até 13 gramas de proteínas. Por isso, para quem está realmente querendo ganhar massa muscular, o ideal é consumir os ovos com a gema, já que não há o mito do colesterol foi desmascarado.

Broken egg

O ovo é rico em diferentes tipos de substâncias nutritivas. Contém boas quantidades de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), é rico em vitaminas do complexo B, incluindo a B12, rico em magnésio, ferro e também em fósforo. Na clara ainda é possível encontrar boas quantidades de potássio e também de sódio.