A disciplina do Escritor

Publicidade

Profissão de Escritor

Publicidade

A profissão de escritor é vista com uma visão muito romanceada, em que o autor senta e começa a escrever e, de repente surge o sucesso.

Quem dera fosse assim, há muita luta. Muitos nãos e um conjunto de situações que inúmeros grandes talentos nem chegamos a conhecer, pois guardam os seus escritos na gaveta e por desilusão, não apresentam para o mundo
os seus trabalho. O que é um engano agir dessa forma, pois pode chegar a hora do sim e se não se expor, ou melhor, expor sua obra, ninguém irá conhecer mesmo.

Essa apresentação um tanto que dramática, não é para desestimular ninguém, ao contrário, é para abordar a importância de se ter uma rotina para escrever, criar hábitos de disciplina para ajustar a mente ao seu
ideal. É como um treinamento diário e silencioso.

Sei que muitos autores dizem que só escrevem quanto tem uma inspiração, quando sentem vontade ou quando dispõe de tempo. Tudo isso é perfeitamente relevante quando não usado para se esquivar do seu dom de
escrever.

Publicidade

Não há dúvida de que o autor desconhecido, aquele que não vive da sua arte de escrever, precisa trabalhar em outra área, ter o seu próprio sustento sem ficar esperando a varinha mágica para entrar em cena e ter
milhões de livros vendidos. Sabemos que essa não é a realidade. Quem dera que todos os escritores vivessem do fruto da sua obra literária, mas ainda assim, nada de desistir. Principalmente na atualidade em que se tem tantas ferramentas auxiliares como recurso de divulgação e publicação.

Desenvolvendo a disciplina

A disciplina do autor consiste em reservar um tempo diariamente para criação, nem que seja por meia hora apenas. O que vale é gerar o hábito de escrever ao invés de ficar dependendo apenas de uma inspiração. Tem
escritor que prefere escrever de madrugada, outros pela manhã, o horário é o que menos importa. O fator principal na disciplina do autor é organizar o cérebro, de modo que, quando houver a aprovação de um dos seus livros, esteja
pronto para atender a solicitação de escrever em um tempo menor e com mais facilidade, até pelo fato de que os escritos não se detêm apenas na caneta (considerando o computador), ele precisa pesquisar e até fazer laboratório
externo para trabalhar o realismo em muitos trabalhos.

Saudações Literárias!

Silvia Baptista

Autora e roteirista, com livros, webs novelas e artigos na bagagem. Presta com consultoria em gestão de mídias e treinamento de formação profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *