5 dicas para ajudar o filho a dormir sozinho

Os pais costumam ter muitas dúvidas sobre como ajudar o filho a dormir sozinho. Será que devemos deitar com eles? Eles podem dormir na mesma cama? E se ele tiver com medo dos monstros que ficam escondidos dentro do guarda roupas e debaixo da cama?

Com base em opiniões e sugestões de especialistas no assunto, trouxemos um conteúdo com 5 dicas super eficazes para ajudar o filho a dormir sozinho. Afinal, essa é uma etapa importante na vida dele – e na dos pais também.

1 – A Rotina de Dormir

Uma boa dica é criar uma rotina na hora de dormir. Ainda que nem sempre essa rotina vai ser seguida, o ideal é que ela exista. Assim como a hora de comer, de tomar banho, de ir na escola…Dormir também precisa ter a sua própria rotina.

E cada família e cada pai/mãe pode criar a rotina que achar mais conveniente. Mas, especialistas recomendam o seguinte: um banho morno, o pijama, escovar os dentes e contar uma boa história, que são hábitos aconselháveis e que deixam os pequenos totalmente seguros.

Trata-se de uma previsibilidade de que a hora de dormir chegou.

2 – Sem Distrações

Para complementar o tópico acima, uma boa dica é evitar e remover todo tipo de distração que possa existir, a se começar pelo uso dos eletrônicos, como jogos de computadores, de vídeo games, de celulares, de tablets e até mesmo as televisões, rádios e por aí vai.

A explicação clínica e médica é a de que o uso desses equipamentos estimulam a criança a ficar acordada ou terem sonos menos leves, já que eles são dispositivos com luzes que variam muito e que cria empecilhos para a noite de sono tranquila.

Isso vale não apenas para crianças, mas para adultos também, não é verdade?

3 – Dê a eles Segurança

Também como complemento do tópico 1 vale a ideia de que é bastante comum que as crianças tenham insegurança para dormir devido aos “monstros” que ficam debaixo da cama ou algo do tipo.

Aqui, a ideia é a de que os pais acalmem os filhos com assuntos que sejam reconfortantes antes de se deitarem. Isso pode ser feito através de uma história mais suave ou mesmo da entrega de um objeto que vá trazer segurança. O objetivo é apenas o de tranquilizar ele.

4 – Consistência

Agora, vamos mexer na ferida de muita gente, né. Se o seu filho aparece na sua cama durante a noite porque está com medo, o que você faz? Para os especialistas, existe um jeito certo de se comportar nessa hora papais.

Seja firme e consistente. Não brigue com ele, não xingue, mas também não ceda. Leve ele até a cama dele e explique o motivo do retorno. Porque se isso não acontece, a criança entende que basta persistir para que você ceda e isso vai virar uma rotina que não é saudável.

5 – Apareça menos

Por fim, considere que na hora de dormir, você deve deixar a cena. Mostre que os seus filhos não dependem de você para dormir, eles podem fazer tudo sozinhos. Evite interagir com ele, de forma que ele vá necessitar de você nessa hora. Sim, é preciso manter distância nessa hora.