Saúde:Cuidados com a coluna vertebral

Coluna vertebral

Dores nas costas

 

“Os exercícios físicos são essenciais porque fortalecem os músculos que sustentam a coluna. O cigarro é um veneno, suas substâncias tóxicas impedem o fluxo sangüíneo pela região da coluna. Os quilos extras a sobrecarregam. Por fim, vêm os movimentos e posturas inadequadas. Tortura-se muito a coluna vertebral”, alerta o reumatologista José Goldenberg, autor do livro “Coluna, Ponto e Vírgula” (editora Atheneu). “Basta pouco para provocar a dor. Uma simples noite mal dormida até um esforço acima do normal e os problemas batem à porta”, complementa.

Mas, se existe um lado bom nesse inconveniente tão popular, é que hoje se sabe que mais da metade dos casos de dores na coluna são causados por problemas decorrentes de causas que podem ser facilmente reparadas, como deixar de sentar-se curvado diante do computador ou torcer a coluna bruscamente na pressa ao sair do carro. “Como escondem causas benignas, esses casos se curam praticamente sozinhos”, diz o reumatologista Jamil Natour, da Universidade Federal de São Paulo.

Atenção para dores nas costas

Às vezes a dor nas costas pode indicar um problema mais sério, mas segundo os médicos, esses casos são exceções. O sintoma pode sinalizar um tumor, uma infecção mais grave ou até mesmo uma fratura, mas o diagnóstico costuma ser complexo e depende de uma boa consulta clínica.

Se você já consultou um médico e constatou que por trás da dor que sente estão os hábitos inadequados de vida, a reportagem do Equilíbrio traz ao lado alguns exercícios que podem ser úteis para evitar a dor. Segundo a fisioterapeuta Luciana Couto, da clínica Goldenberg, todo cuidado é necessário. “Exagerar na dose pode ser pior. O ideal é que antes de fazer os exercícios recomendados, o paciente tenha passado antes por uma avaliação médica”, orienta.

Para a fisioterapeuta, as pessoas devem estar mais atentas à sua coluna vertebral durante a prática de atividades diárias e corriqueiras. “Os exercícios são fundamentais porque fortalecem os músculos que sustentam a coluna”, explica.

A administradora de empresas Gisele Maia, 37, que tem fibromialgia, dor muscular generalizada, costuma fazer os exercícios. “Era sedentária, as sessões de alongamento são hoje o que me confortam, conta Gisele.

 


Colunista
Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine