Saiba como controlar suas emoções

Cotrole sua emoção

A raiva, o medo e a inveja são alguns dos sentimentos que nos ajudam a viver e a sobreviver. Fundamentais em doses moderadas, podem botar tudo a perder quando tomam conta de nós. Solução? Aprenda a dominar as suas emoções!

Os sentimentos são uma espécie de leme que estabelece, direciona e corrige a rota da vida humana. Mais do que isto, sem eles, provavelmente morreríamos muito cedo, não existiria o conceito de propriedade privada, não haveria democracia, não haveria laços como os do casamento… A lista é imensa. Talvez por esta razão, os sentimentos não tiveram alterações ao longo de milhões de anos de evolução da humanidade.

“As emoções servem para que nos adaptemos ao meio em que vivemos, permitindo que possamos nos proteger, expressar o que nos foi agradável ou desagradável e perceber quando ultrapassamos limites”, explica a psicóloga clínica Inês Cavalieri, que atua em aconselhamento e diagnóstico psicológico.

O amor é um sentimento, a saudade é outro. Mas, o nosso objetivo aqui é abordar aqueles sentimentos materializados pela ação ou que a sua manifestação em exagero pode prejudicar o individuo e as pessoas que o cercam. São as emoções perigosas como a raiva, o medo, que em excesso podem trazer danos irreparáveis. Excessos? Ações? “As emoções são sentimentos que podem levar a uma ação. Um sentimento de cólera pode levar a um ataque, um sentimento de tristeza provoca o choro”, esclarece Inês Cavalieri.

Perigo do descontrole

Os sentimentos são fundamentais para a vida, porém, a falta de controle dos sentimentos é tão grave quanto a inexistência deles. Os sentimentos precisam estar equilibrados, caso contrário, o descontrole faz com que você perca o domínio sobre si mesmo, destrói relações de amizade e inviabiliza o convívio em sociedade. E mais: o descontrole constante é responsável por doenças físicas e psicológicas. Alarmante, não? A saída é: vigie e dome os seus sentimentos, antes que eles consigam dominar você.

Lembre-se: não se trata de bloquear esses sentimentos. Na dose certa, eles são fundamentais. Uma pessoa sem agressividade nenhuma não terá força para lutar pelas suas conquistas, se não for ciumenta, não conseguirá cuidar do que é seu. Eles precisam existir, mas em equilíbrio, na dose certa. Eles devem ser externados na hora e na dose certa. Controlados eles só podem fazer bem a sua vida, pois foi para isto que eles foram feitos. “O medo ou a ansiedade, por exemplo, em pequenas doses, pode ajudar você a não se arriscar demais num negócio ou fazer com que você planeje e se prepare para enfrentar melhor uma situação difícil. As emoções também podem funcionar como molas propulsoras para enfrentar desafios”

 

 


Colunista
Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine