Português para Concurso

A Língua Portuguesa é um dos idiomas mais difíceis do mundo. Há muitas regras, mas também, muitas exceções, o que confunde bastante até os falantes nativos. Por isso, ela é uma matéria que dá muito trabalho aos “concurseiros”. Mesmo que eles saibam todas as regras, haverá sempre algo que não se enquadra a nenhuma delas. Tanto em gramática quanto em redação, há erros corriqueiros que, de tão comuns, caíram na boca do povo e ninguém mais conhece sua forma correta. Um caso desses é a forma verbal “atazanar”. Na verdade, ela não existe, o certo é escrever e falar “atenazar”. O vocábulo se popularizou erroneamente por tanto tempo que agora conhecemos apenas sua forma incorreta.

Para fazer a prova de Português no concurso, atente-se aos detalhes, pois é isso que os examinadores querem de você. Nas questões de Interpretação de Textos, leia primeiro as perguntas e suas alternativas para buscar as respostas no texto. Assim, você economiza tempo. Cuidado com perguntas e respostas ambíguas. Leia-as atentamente para compreender realmente o significado delas. Aqui vão algumas dicas que o Babado preparou para você:

 

  1. Há alguns verbos que comumente recebem preposições incorretas. Um dos casos é o verbo “inscrever”: “Eu me inscrevi para o cargo” está incorreto, pois o verbo “inscrever” pede a preposição “a”: “Eu me inscrevi ao cargo.”
  2. Há concordâncias que devem ser obedecidas como em: “Mais de um carro foi vendido ontem.”, e não “Mais de um carro foram vendidos”, pois o verbo deve concordar com o substantivo “carro”.
  3. Evite pleonasmos como “Uma nova família foi criada.” Essa frase é bem comum, mas o verbo “criar” não pode vir com o adjetivo “novo”, pois quando se cria algo, certamente é algo novo.
  4. Os advérbios “onde” e “aonde” também são muito confundidos. Usa-se “aonde” quando há ideia de movimento como em “Aonde você está indo?” e “onde” é usado quando não há movimento: “Onde estão os meus livros?”
  5. As formas verbais “vir” e “ver” causam bastante confusão. A forma “vir” está no Futuro do Modo Subjuntivo do verbo “ver”: “Se você vir minha mãe, diga-lhe que a estou procurando.” Eles causam confusão também porque o “vir” pode estar no infinitivo: “Peça-lhe para vir à escola amanhã.” Por isso, atente-se ao significado do verbo na frase.
  6. A expressão “de menor” tornou-se bastante corriqueira. Na verdade, deve-se usar “menor de idade”. “José é menor de idade.” e não “José é de menor.”
  7. “Maria anda meia cansada ultimamente” é um erro frequente. Na verdade, não é só metade da Maria que está cansada, mas a ideia contida na frase é a de que Maria está “um pouco” cansada. Portanto, o advérbio não é flexionado: “Maria anda meio cansada ultimamente.”
  8. A famosa música do saudoso Raul Seixas dizia: “Eu morri há dez mil anos atrás…”. Infelizmente, nosso poeta estava errado, pois quando se utiliza o verbo há, não se deve usar a preposição “atrás”, pois ambos se referem ao passado.
  9. “Ela chegou meio-dia e meio” não está certo porque o último “meio” refere-se à hora, e não ao dia. Por isso, deve-se dizer “Ela chegou meio-dia e meia.”
  10. O peixe tem espinhas, quem tem espinhos são as plantas.
  11. Quando escrevemos que algo está feio, ruim, péssimo, usamos a expressão: “A coisa está russa!” No entanto, russa refere-se a algo que é proveniente da Rússia. O adjetivo para ruim, péssimo é escrito com “ç”: “ruça”.
  12. “A moral do Francisco está alta.” está errado porque moral é um substantivo masculino, assim como o substantivo “dó”: “Ele ficou com um dó incrível do cãozinho.”

Essas são apenas algumas dicas para você prestar o seu concurso. No entanto, o que é válido na hora da prova é prestar bastante atenção nos enunciados e em cada palavra, pois pode haver alguma “pegadinha” nas questões.

Dicionário de Gramática: indispensável no estudo de Português

Dicionário de Gramática: indispensável no estudo de Português

Qualquer dúvida recorra ao dicionário

Qualquer dúvida, recorra ao dicionário

 


Colunista
Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine