O prejuízo da depressão

Depressão e prejuízo

Depressão é uma doença que cada vez mais se ouve falar, é algo que tem que ser tratado de fato, não adianta ficar pensando que vai passar sozinha e naturalmente , assim como chegou ou, que é coisa da sua cabeça, e é mesmo; só que não envolve apenas os fatores emocionais, também abala o funcionamento bioquímico dos neurônios neurotransmissores responsáveis pelo estado do humor, levando ao mal funcionamento.

Quem nunca teve vontade de ficar por mais tempo na cama, ou querer se jogar no sofá em uma tarde chuvosa para assistir tv, ou ainda ter vontade de faltar o trabalho na segunda-feira? Isso, quando acontece isoladamente, não pode ser logo chamado de depressão, um pouco de preguiça e nada mais, ou um pouco de indisposição, desde que seja muito breve, não é nada de mais. Claro que não estamos com isso querendo incentivar ninguém a faltar o serviço ou ficar de papo pro ar, ao contrário, ter uma vida ativa e saudável é importantíssimo para o sustento e o desenvolvimento físico e intelectual, afinal, o principal motivo que nos impulsiona a estudar e se dedicar a um determinado segmento, é a carreira profissional, desde que também não vire mania de trabalho. Bem, em outra oportunidade abordaremos esse tema.

Como a depressão pode prejudicar

Quando citamos o prejuízo da depressão, é que quem está acometido por ela, quando se está em estado depressivo, os prejuízos são muitos, em geral tudo começa com o indivíduo se sentindo pra baixo, sem ânimo para tudo. Começa-se a perder o interesse pelas coisas que antes lhe davam prazer, pelas suas atividades comuns. Com o tempo, a pessoa começa a se fechar, evita e inventa desculpas para não sair com os amigos, se namora, o namoro fica morno, em muitos casos, se evita até o sexo e o companheiro(a), acaba acreditando que terminou o interesse.

Outro prejuízo comum é no trabalho, o rendimento cai, o depressivo começa a faltar, cai o rendimento profissional e escolar…., enfim, os prejuízos ultrapassam o campo emocional e chegam no campo físico, podendo levar o paciente a desenvolver doenças cardíacas e hipertensão, além de outras que tem relação direta com a carga emocional.

Algumas pessoas que sofrem de depressão, acreditem; hoje ainda se recusão a buscar ajuda profissional por preconceito, teme que alguém saiba que consultou um psiquiatra ou um psicólogo e que por isso, logo alguém poderá pensar que está maluco(a).

Que bobagem, até alguns jovens desportistas saudáveis, podem desenvolver um quadro de depressão, ou uma criança, não é coisa só do universo adulto.

Se você está, ou conhece alguém que possa estar vivendo um quadro depressivo, pense nos prejuízos da depressão, que são muito mais do que os poucos que foram abordados, e se ajude, ou ajude o seu próximo, dando força para procurar ajuda profissional.

Viver é bom, melhor ainda é viver bem.


Colunista
Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine