Carreira: Como fazer seu plano de carreira

Um bom profissional, tem sempre seus objetivos focados e bem definidos. Naturalmente que é necessário alguma flexibilidade, mas a “organização de objetivos” é uma excelente ajuda para alcançar as suas metas de carreira. Daremos algumas dicas de como começar a planejar a sua vida profissional, depois, basta pôr o seu plano de carreira em prática!

Comece por tomar notas de todos os dados que considerar relevantes para seu plano de carreira, e defina alguns dos tópicos mais relevantes. Só depois de ter uma boa base de idéias em rascunho, deverá começar a avaliar as informações recolhidas.

Reflita sobre os seus objetivos de carreira e analise quais competências o irão ajudar a atingir este objetivo. Paralelamente, tome nota dos aspectos que precisa desenvolver.

Pense nas suas experiências profissionais anteriores e veja de que forma pode aproveitar essas vivências na sua atual função. Este “regresso ao passado” deverá ser aproveitado para analisar todos os motivos que o levaram a apostar em determinada empresa, ou, pelo contrário, as razões que o levaram a sair. Poderá anotar também, quais as decisões que gostaria de nunca ter tomado, e os motivos pelos quais está arrependido, de forma a que não volte a repetir os mesmos erros.

Preocupe-se com os comportamentos e as atitudes que influenciam – positiva ou negativamente – o seu desenvolvimento profissional e o seu relacionamento com os outros. Tente avaliar o seu estilo de comunicação, de decisão, administração do tempo, solução de problemas, organização, etc…, considere a sua situação profissional atual e veja de que forma poderá desenvolver-se.

Esta fase é de extrema importância para o desenvolvimento de seu plano de carreira e serão valiosos os contatos com os seus pares, superiores e subordinados que lhe podem dar outras perspectivas do seu trabalho. Faça uma listagem do que mais lhe agrada na sua atual situação (o ambiente de trabalho, as principais responsabilidades, por exemplo) e, do que gostaria que fosse diferente (as tarefas rotineiras, as perspectivas de evolução dentro da empresa, etc.) dando uma pontuação a cada um deste itens por ordem de importância.

Releia o seu plano de carreira. Veja se de há algum ponto que gostaria de alterar ou acrescentar. Não se esqueça que o seu plano deverá acompanhá-lo ao longo da sua vida profissional, pelo que deve ter uma estrutura flexível e adaptar-se a diferentes situações.

O mundo tornou a iniciar, quando as leis básicas da física começaram a delinear o que reage sobre a matéria. Por volta de 500 a.C., usava-se minério metálico com propriedades magnéticas como bússola. A lei da gravidade definiu que matéria atrai matéria na proporção direta dos corpos e inversa à distância, ou seja, a massa de maior matéria atrai a menor de forma mais intensa quanto mais perto. Descobriram que a Lua e o Sol é que exercem uma força sobre os oceanos e alteram as marés, apesar da Lua ser muito menor que o Sol, mas por estar mais próxima exerce uma força maior sobre a Terra. No século XVIII descobriram a eletricidade, e somente no século XIX é que descobriram que a eletricidade e o magnetismo não eram fenômenos distintos, ambos são manifestações de uma única força chamada de Eletromagnetismo.

Independente do conhecimento sobre física ou eletricidade, qualquer pessoa que ao ligar um rádio ou acionar um interruptor de luz, o resultado será o efeito esperado, o rádio tocará ou a luz acenderá. Não precisa ter fé ou conhecimento para que essa ação tenha uma reação. O que precisa ter é um breve planejamento: vou ligar o rádio porque quero música ou vou acionar o interruptor porque quero luz.

O que faz as coisas acontecerem é o planejamento, nós somos um sistema vivo e completo. O nosso cérebro é o mais sofisticado sistema para realizar um evento, o Universo aposta nisso, o mundo depende do cérebro humano para continuar prosperando. As grandes descobertas precisaram apenas de dedicação e determinação, pois o inventor ou o descobridor nunca teve um modelo ou um mapa. Primeiro resolveu o que fazer, em seguida planejou como fazer e por fim determinou quando fazer. 

Quando o cientista se propõe a descobrir algo, ele nunca pensa que isso será impossível, ou se sua capacidade é suficiente, ou que ele pode fracassar, ou mesmo quanto ele irá faturar financeiramente com o seu evento. Porque se ele tiver dúvidas, achar que não pode ou que não compensa, imediatamente seu pensamento, que é uma consciência cósmica, aciona um mecanismo de defesa através da vibração de medo, fazendo com que sua glândula pineal segregue enzimas e libere energia fluídica através do ectoplasma, protegendo-o do fracasso, com isso o evento não ocorrerá.
Toda grande descoberta começou como uma “heresia”, pois, a consciência de muitas pessoas, define a realidade apenas pela percepção das energias percebidas pelos seus cinco sentidos básicos, enquanto que o inventor que acredita no seu projeto, usa a consciência evolutiva cósmica, que é percebida pelo sexto sentido ou intuição.
Um exemplo ridículo, mas eficaz, é o do mentiroso que engana suas vítimas pela convicção que emprega na mentira. Dependendo do nível de consciência de cada indivíduo, é mais fácil ou mais difícil julgar o certo ou o errado. Para julgar algo, utilizamos a vibração de uma freqüência. Quanto menor for o nível de consciência e maior for o ego, maior será a ilusão produzida pelos cinco sentidos e menor será a percepção produzida pela intuição, chegando a conclusões lógicas, mas pouco intuitiva, como: Convicção = Verdade, Verdade = Bom, Bom = Positivo, e o indivíduo recebe a energia da mentira com ar de “senti firmeza”. Se o locutor titubear ao mentir a fórmula muda completamente, Dúvida = Perigo, Perigo = Prejuízo, Prejuízo = Negativo, a vítima descobre o golpe. A consciência agirá da mesma fórmula se falarmos uma verdade titubeante, (Dúvida = Perigo = Prejuízo = Negativo) e ela não acreditará numa verdade.

Quanto maior for a consciência cósmica em relação ao ego, mais próximo estamos do sexto sentido, com isso estamos mais perto da verdade e mais distante da mistificação. Através da percepção da intuição a consciência identifica na matriz fluídica a origem de cada energia e a mentira sempre vibrará como mentira e a verdade sempre como verdade.
Assim como as percepções dos sentidos produzem a consciência, quando você Planeja algo e cerca-se de cuidados, ao aparecer a primeira dúvida imediatamente vem uma solução planejada e a dúvida some imediatamente. Vamos a um exemplo clássico:
Quando um desempregado planeja reintegrar-se ao mercado de trabalho, ele sabe que deverá dar o melhor de si para conquistar um novo posto. Após conseguir o cargo, sabe que o próximo passo é o período de experiência, seus pensamentos são cuidadosamente elaborados para ter a seguinte consciência:

 

– Acordo cedo para trabalhar, porque gosto de produzir. Isso me faz bem!
Conclusão do Pensamento: Produção = Prosperidade = Satisfação, alegria, Dinheiro = Positivo.
Padrão de Pensamento: Tenho que provar que sou bom. As pessoas sabem que eu sou diferente, melhor que outros, confiam em mim. Sou a pessoa ideal para ajudá-las.
Se uma vez empregado e superado o período de experiência, ele se acomodar, parar de planejar sua vida profissional e não diversificar seus conhecimentos, a energia evolutiva pára de vibrar e ele começa a mudar. Acha que já fez tudo pela empresa, começa a esculachar, achar que isso… ou… aquilo, e muda a estratégia vibratória, só para prejudicar o chato do chefe, que exige que ele faça o que propôs de início.
Essa mudança forma novas idéias, novos pensamentos, nova consciência. Quando chega o dia do pagamento o discurso muda para:

– Eu levanto cedo, me mato de trabalhar para receber só isso no fim do mês!
Conclusão do Pensamento: Trabalho = Dinheiro = Sacrifício = Negativo
Padrão de Pensamento: Sinto sono o dia inteiro. Nunca acharei um bom emprego. Nunca terei dinheiro apesar de sempre fazer sacrifício.
Tenho certeza que quando essa vaga for aberta novamente para o mercado de trabalho, haverá vários candidatos. Pois o erro não está no salário e sim na falta de objetividade de planejamento do funcionário. O planejamento inicial, conquistar a vaga, foi atingido.

A nossa consciência está pronta para processar todos os eventos que acontecem a cada milionésimo de segundos, sem contestar o nosso livre arbítrio, ela apenas faz acontecer. Quando temos um problema, por exemplo, ausência monetária temporária, e tentamos resolve-lo procurando a causa, contornando a situação e corrigindo erros de planejamento, a consciência procurará os mecanismos de energia evolutiva, nessa ou em outra dimensão, para chegar ao resultado de prosperidade. Quando desviamos o problema usando palavras como – está difícil, não sei como fazer; é a crise – Uma confusão de raciocínio confunde o objetivo principal que é resolver o problema, passando o foco para outro problema: Quero que sintam dó de mim. O sucesso desse novo e falso objetivo é atingido, pois a situação piora a cada momento e com isso, dá margem a mais lamentações. A consciência iludida e desordenada, deixa a situação inicial, ausência monetária temporária, com isso a situação fica cada vez mais crítica, poucos estarão sensibilizados com o falso problema que é chamar atenção através da chantagem emocional e ninguém está resolvendo o problema principal que é um novo planejamento. No fim não se atinge nenhum objetivo positivo.

Plano de carreira:

Ninguém precisa ser expert em planejamento, basta apenas determinar metas. Tudo em nossas vidas ocorre como planejamos, ao arquitetar o planejamento, você está programando, ou seja, criando uma rotina para sua vida ou seus negócios.
Dependendo do planejamento ou de sua programação você determina o tempo de alcançar o seu sucesso.
Então alguém diz: – Isso parece fácil, mas a realidade é bem diferente, eu preciso de dinheiro hoje, tenho que pagar as contas que venceram ontem, e ai como faço?
A vida é facílima para ser conduzida, nós, com nosso poder infinito de racionar, é que a complicamos. Se você tem dívidas vencidas ou vencerá nos próximos dias e não tem como pagar, parabéns! Você acabou de ganhar uma experiência de vida: O dia de hoje é o sucesso do planejamento de ontem, planeje que acontecerá. Essa experiência não é a mais agradável, mas com certeza lhe marcará por toda a sua vida.
Para resolver esse problema, planeje e dê tempo ao tempo, que com certeza ele será solucionado. Resolve-lo agora é equilibrar-se emocionalmente e achar a melhor negociação para a sua dívida. O dinheiro (ou sua ausência) é conseqüência de planejamento e investimento na diversificação. Na verdade, o que está acontecendo é que o Universo está se esforçado para que você aprenda a planejar, para você ser feliz.
Substitua as falsas palavras amargas do tipo:

– Com a miséria que ganho? Falar é fácil! De onde vou tirar dinheiro?
Pela verdade:

– Conciliando-me com o Cósmos as oportunidades surgiram do nada; planejando meu orçamento não terei dívidas; aquilo que preciso virá facilmente com novas oportunidades de negócios, pois o Sol nasce para todos, todos os dias, inclusive para mim; tudo sempre esteve aqui eu que não soube tomar posse; o que parecia ser um desastre foi a melhor lição que já tive, o Universo não me esqueceu.
Eu tenho certeza que assumindo a verdade, sua vida será infinitamente próspera, e que se revelará à verdadeira imagem da consciência cósmica em você.

Em breve, estaremos publicando a continuidade desse assunto


Colunista
Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine