Adultalização Infantil

Conceitos da adultalização infantil

Toda criança precisa brincar

 

É comum vermos crianças tendo atitudes como de pessoa adulta, não obstante, além das atitudes também na aparência. É perfeitamente natural que as crianças desenvolvam interesse pela tecnologia, elas são envolvidas assim como nós, por um universo de informações que nos bombardeiam de todos os lados com seus incríveis aparatos.

Toda a criança quer ter seu celular, computador e tudo o mais de melhor e moderno, a questão que envolve precaução, é quanto a observação dos responsáveis quanto a troca que está sendo feita, ou seja; mesmo com tudo isso, não se deve pular as etapas, os cíclos naturais da vida para não acontecer de na fase adulta, ao invés de se ter uma pessoa equilibrada o suficiente de acordo com sua faixa etária, ser um adulto infantilizado, e olha que não são poucos.

Para melhor explanar sobre pular períodos, podemos falar no que temos visto como por exemplo; meninas usando sutiã com enchimento, usando maquiagem que não condiz com a idade, roupas extremamente justas e sensuais, salto consideravelmente alto, perfil precoce nas redes sociais e por aí vai. Claro que quando cita-se meninas, elas são grandes observadoras das mães e querem, podemos assim dizer, imitar e copiar o jeito das mães, até aí nada de mais, esse comportamento faz parte do despertamento da vaidade e da beleza feminina, o perigo é quando os limites são ultrapassados.

Com os meninos é a mesma coisa, muitos estão trocando as brincadeiras coletivas como andar de bicicleta, soltar pipa e brincar de pique, para ficar o dia todo na frente do computador ou com seus apartos tecnológicos.

Toda criança precisa brincar

Nós adultos, devemos pensar melhor na formação dessas crianças que aos poucos estão tornando-se vítimas de uma pressão comercial que visa colocar as escolhas nas mãos das crianças. Na verdade, o que o mercado pretende com isso é tornar os pais que já estão tão sobrecarregados, profissionalmente falando, que por sentirem a necessidade de suprir ao máximo a família, acabam indiretamente favorecendo uma certa inversão no lar, levando as crianças a ditarem a regras tornado os adultos reféns.

Pode a grosso modo, parecer exagero mais vale lembrar que quando olhamos para uma criança, nos reportamos a inocência que um dia já tivemos, a nessecidade de proteção, amparo, apoio e mais ainda, ao entendimento, que toda criança merece ter seu momento de ser infantil para crescer um adulto sem a necessidade de mais tarde, quere se fazer de infantilizado.


Colunista
Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!
2 total pingbacks on this post
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine