A Trajetória do Rock – parte VI

Rock clássico, o início de um astro

Outro astro negro do mesmo período de Chuck Berry era um típico cidadão americano chamado meio esquisito chamado Richard Penninan, que com o pseudônimo de Little Richard enlouqueceu a juventude americana com o famoso grito de guerra A Mop Bop Alu Bob a Wop Bam Boom.

rock

No palco Little Richard era um verdadeiro show man, rasgava as roupas, provocava a plateia, pulava em cima do piano fazendo gestos obscenos e abusando de sensualidade, foi o precursor da Soul Music e Sonhava em ser cantor de música gospel, era o terceiro de 12 filhos de uma família pobre de mãe lavadeira e pai pedreiro como a grande maioria dos negros da época, cresceu em Macon, Georgia. Foi frequentando a igreja batista junto com a mãe que ele descobriu o seu talento para a música, pois o pai morria de vergonha do jeito afeminado do filho, então tentaram a cura para isso, mas acabaram libertando uma fera.

Little Richard é considero por muitos e por ele mesmo, o verdadeiro rei do Rock, foi o primeiro cantor a inventar moda no meio do rock n’ roll, vestia-se como um andrógino antes mesmo da classe média saber o significado dessa palavra, fazia questão da maquiagem pesada e do alisamento dos cabelos, causou um impacto tremendo nas duas classes dominantes, pois assim como irritava os brancos por ser negro, causava revolta nos negros ao querer parecer e se vestir como um branco.

Um grande sucesso do Rock

Seu sucesso mesmo se deu com a música Tutti frutti lançada em 1955, foi um dos primeiros negros a cantar em clubs brancos, era impactante e cheio de arrogância. já famoso se converte pela primeira vez em 1957, e daí em diante foram anos de dedicação  à igreja.

Em 1963 larga novamente a igreja e depois reaparece em 1967, subindo aos palcos e tocando os clássicos que embalaram os anos 50 e 60 com seu envenenado piano Boogie, levando o público do Okeh Club em Hollywood ao delírio.

Sempre que desistia do rock e voltava para a religião, dizia que ouvia o chamado de Deus, pois não passava de um gay desvairado, por isso Deus queria consertá-lo e livrá-lo daquilo que ele chamava de coisa do Diabo.

Mesmo após se tornar celebridade nacional, dizia não ter interesse em ganhar dinheiro, queria apenas ser famoso e reconhecido por todos,  seu sonho de consumo era ter um Cadillac. Little Richard conseguiu tudo isso e ainda se tornou um dos mais importantes personagens da trajetória do rock.

 

 

 

 

 

 

 

 


Colunista
Equipe de redação da Revista Dicazine. Desde 2008 trazendo informação relevante e de qualidade, promoções divertidas e fáceis de participar. Assine gratuitamente e faça parte do seleto grupo!
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine