A resolução da câmera digital

O funcionamento de uma câmera digital e o de uma câmera convencional é semelhante, mas, existem algumas diferenças e uma delas é o processo de produção da imagem.

Numa câmera digital a imagem é formada sobre o CCD ou CMOS. O CCD/CMOS é o sensor responsável pela captação da imagem no momento em que a luz é incidida. No entanto, na câmera convencional esse processo é realizado sobre o filme.

Localização do sensor de imagem (CCD OU CMOS):

CCD

O CCD/CMOS é o responsável pela resolução da fotografia. A resolução, na verdade, é resultado do número de pixels gerados na horizontal pelo número de pixels gerados na vertical numa imagem; quanto maior esse resultado, melhor é a qualidade da foto.

Porém, deve-se verificar se esse valor em megapixels são reais ou interpolados. Numa foto interpolada, pixels extras são inseridos nos espaços que existem nos pixels da imagem capturada. Esses pixels extras automaticamente são caracterizados como valores de cor semelhantes aos que estão em seu redor. Dessa maneira, a imagem fica “maior” e aparentemente sem perda de qualidade. É uma espécie de “máscara” na fotografia.

Extensão de arquivos de uma câmera digital

Os arquivos gerados por uma câmera digital têm diversas extensões. Os populares são os formatos TIFF e JPEG. Os arquivos JPEG são mais comprimidos e, por conseguinte, economizam memória. Os arquivos TIFF são maiores, e consomem maior quantidade de memória. Os arquivos gerados no CCD ou CMOS chamados RAW são conhecidos “nativos” e permitem correção por editores específicos como Lightroom e Câmera Raw. Os arquivos

RAW são uma espécie de negativos digitais.

Megapixels

A resolução de uma foto depende da quantidade de pixels existentes em uma polegada quadrada da imagem. Câmeras digitais que têm capacidade de 1 megapixel de resolução, por exemplo, podem gerar imagens com cerca de um milhão de pixels no tamanho. Ou seja, elas geram cerca de 1.000.000 pixels dentro de uma única imagem; em termos de resolução, equivale à uma foto com 1280 pixels de largura por 1024 de altura, totalizando 1.310.720 pontos preenchidos numa imagem.

O que implica no resultado da captura em megapixel é o tipo e tamanho do sensor digital (CCD ou CMOS) de uma câmera. No geral, quanto maior o sensor, maior será a memória RAM e mais rápido terá de ser o processador, o que aumenta o valor do equipamento.

É evidente que quanto maior o número de megapixels, melhor será a qualidade da imagem. No entanto, quanto melhor for a qualidade da fotografia que uma câmera gera, mais caro será esse equipamento; uma vez que este terá de ter um sensor maior e um melhor processador para gerar imagens de qualidade.


Colunista
Susana Martins é escritora, autora de "Um Conto em Movimento" (2004), "Pia Fraus em Papel" (2008), "Pia Fraus em Papel II" (2012) e "O lado de Dentro" (2014). Twitter @susanahmartins
Envie seu comentário

Por favor insira seu nome

Seu nome é requerido

Por favor insira seu email

Um email é requerido

Por favor entre uma mensagem

Customização por inflar.com Criação de Sites e design por WPShower. Política de Privacidade. Google+

Feito com WordPress.

Mais Conhecimento

Para Um Vida Melhor!

"O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã." — Leonardo da Vinci
"Receber essas dicas é como fazer um curso gratuito de conhecimentos gerais! Obrigado!" — Nobre Leitor Dicazine